O tempo não cabe em si. Caminha sempre em frente, nunca para. E nós, vez ou outra, nos assustamos quando abrimos a janela e percebemos que não somos quem erámos. Somos o fruto da semente do gênesis. Somos o resultado do começo e dos recomeços de inúmeras gerações que, com suas virtudes e falhas, […]

Read More →

Volto às palavras para registrar a existência no dia exato que em que a vida imprimiu em mim os contornos de quem sou. Chego aos 37 anos ainda ignorante, mas um pouco mais consciente disso. Talvez só na teoria, mas já é alguma coisa, né? Em meio a coisas concretas (meu filho dormindo, um beijo […]

Read More →

Ladeira abaixo, todos nos empurram Vai ter com a pressa, menino! O mundo corre, e eu que gosto da vagareza do meio-dia, aprendo a correr também. A vida nos empurra; não sem antes dar um sorriso irônico de quem se acha senhora do tempo. A moto que ultrapassa o carro; O carro que desafia a […]

Read More →