Das profundezas silenciosas da morte surge um som, uma voz. Límpida, simples, pura. O Sopro precede a Voz, que precede a Palavra, que precede a Verdade. A vida ressuscita do sopro. De tudo o que guardar, guarde o seu coração. Dele procedem todas as coisas e, como o movimento de um rio que desagua no […]

Read More →