Com os braços marcados, ele a segurava. Madeira de lei, pesada, grande. Quem viu a cena dizia que não há coisa mais lamentável. O olhar do criminoso diz tudo sobre sua condição. Olhar triste de quem não deveria estar ali. Ah, mas todos os contraventores dizem o mesmo: “não sou culpado”.   Eu o encontrei […]

Read More →

A vida é movimento. E o movimento é o milagre da vida. O Verbo, o sopro, a ação, o som das palavras, o sentido que as carrega no colo, nos braços, nas mãos… Em companhia de Deus, fez nascer a vida, a história, as conexões, começo, meio e fim. O Verbo é presença que se […]

Read More →

  A gratidão é irmã siamesa da alegria. Mas num mundo incoerente que se atreve a transformar a alegria em um produto de marketing, surge o espetáculo de horror: sorrisos por fora, mas tristeza por dentro. Adestrados a fabricar sensações de euforia – como dependentes químicos -, consumimos tudo que nos dê um mínimo de […]

Read More →