Após uma longa pandemia de dois anos, o Movimento Vocare reinicia hoje a realização de seus encontros nacionais. Com um novo formato (menor e no estilo de acampamento), o Vocare Camp marca uma reconexão do movimento com seu público principal: o jovem cristão. “Nossa expectativa é ver o mover de Deus, reconectando, reconfigurando e realinhando propósitos para a honra e glória de Deus”, diz Rodrigo Gomes, coordenador nacional do Movimento.

Cerca de 350 participantes estão chegando ao local do Vocare Camp, o Acampamento Jovens da Verdade (JV), em Arujá (SP). Desses, pelo menos 140 são voluntários dispostos a servir a outros jovens. O coordenador executivo do evento é Marco Aurélio Lima, o Marcola. Na primeira reunião com todos os voluntários ontem (15/06), ele enfatizou a importância de servirmos às pessoas, como uma expressão do serviço ao Senhor. “Tudo o que você fizer nesses dias, do início ao final, é um testemunho para cada jovem presente”.

Para o coordenador de tecnologia, informação e Moving, Kiyoshi Takamura, uma das coisas que mais o anima a trabalhar voluntariamente no Movimento é a experiência da unidade. “Aqui tem várias unidades dentro da unidade. Um dos nossos valores é a frase ‘De Muitos, Um’. Somos diferentes, mas trabalhando com o mesmo propósito, com a mesma missão e para o mesmo Deus”.

Uma das participantes que já chegaram é a Letícia Souza, 20 anos, estudante de Comunicação e Multimeios na Unicesumar, em Maringá (PR). É a segunda vez que ela vai a um evento presencial do Vocare, o primeiro foi em 2017, num momento muito especial de sua vida com Deus. “Apesar de ser filha de missionários, em 2017 foi quando eu, realmente, me converti. Ir ao Vocare foi muito importante para esse processo porque eu encontrei pessoas parecidas comigo que me fizeram enxergar essa comunhão maior na caminhada cristã”. Para o evento de 2022, Letícia escolheu a palavra “conexão” como síntese de suas expectativas. “Quero me reconectar com as pessoas e com Deus nesses dias”, afirma.

O Vocare Camp começa hoje, às 17h, e vai até o dia 19 (domingo), no horário do almoço. A programação conta com plenárias (Upside Down), pequenos grupos (PG), oficinas, hangout, leitura bíblica contínua, espaço de estandes (Voc Village), VocCafé, Insights, caminhadas de oração e sala de oração 24h/dia.

O Movimento Vocare possui atualmente mais de 40 organizações parceiras, que dão força às ações e projetos. Algumas delas também estão presentes no Vocare Camp (com estandes e representantes).

Em tempos de tanta fragmentação, polarização e rupturas, o Movimento Vocare mostra que é possível retomar os vínculos pessoais, reavivar o amor e a paixão pela Missão de Deus e fortalecer o serviço abnegado no mundo por meio de nossas vocações.

*

O Movimento Vocare completa 10 anos de existência em 2022: as primeiras reuniões aconteceram em novembro de 2012. O primeiro congresso nacional aconteceu em 2015, reunindo mais de 500 pessoas, em Maringá (PR). De lá para, muitos projetos surgiram tanto dentro do movimento quanto a partir dele, consolidando o Vocare como uma das iniciativas mais promissoras entre os jovens no Movimento Missionário Brasileiro, sob a liderança da AMTB (Associação de Missões Transculturais Brasileiras).

MAIS

Acompanhe o Vocare Camp pelo Instagram do Vocare: @vocarebrasil

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.