Deus é o cordeiro.
Se o pecado nos fere,
O cordeiro sente nossa dor.

Deus é o cordeiro.
Se a indignidade nos humilha
E nos impede de abrir o livro,
O cordeiro o abre, e dele vem
Uma nova história,
A História da salvação.

Deus é o cordeiro.
Se do nosso coração
já se foi a canção,
O cordeiro faz nascer uma nova,
Uma canção que invadirá a todos, num só tempo.

Deus é o cordeiro.
O cordeiro que limpa,
O cordeiro que dignifica,
O cordeiro que nos faz cantar novamente.

Nada surpreende mais o coração humano do que o Deus-cordeiro.

Porque é da dor mortal do indefeso que nasceu a vida que nunca morre.

Nos ombros do fraco a eternidade é carregada.

 

[Jo 1.29; Ap 5; 7]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.