Por Jeferson Cristianini

Os evangelhos descrevem, cada um com um estilo, a filiação de Jesus com o Pai, e mostram como Jesus veio cumprir Sua missão de salvar a humanidade da perdição eterna. Os evangelhos mostram como Deus nos amou, e como o Pai provou Seu amor, ao enviar Jesus, Seu Filho, que se encarnou e viveu entre nós cheio de graça e de verdade (cf. Romanos 5:8/ João 1:1 a 12). Os evangelhos sinalizam que Jesus cumpriu as expectativas messiânicas do AT e cumpriu as profecias que apontavam para o Filho do Homem como o enviado e ungido de Deus. Dessa forma, vemos em Jesus o cumprimento da vontade de Deus na plenitude dos tempos, para revelar o Seu amor a humanidade e destruir as obras de satanás (cf. Gálatas 4:4/ 1 João 3:8)

Quando as pessoas olhavam para a cruz e viam Jesus morto pensavam que tudo estava acabado, mas elas se esqueceram das palavras dEle que disse que ao terceiro dia haveria a ressurreição. Na sexta-feira há a morte dolorosa da cruz, mas no domingo pela manhã, há o poder da ressurreição. Na cruz, o Messias é moído e morto, mas na ressurreição ele é honrado pelo Pai. Na cruz há vergonha, escárnio, zombaria e sofrimento, mas na ressurreição há glória, majestade, louvor e honra ao Cordeiro de Deus que tirou o pecado do mundo e tem em Suas mãos a chave da morte (cf. Apocalipse). Na cruz temos o Servo Sofredor sendo maltratado cumprindo as profecias, mas na ressurreição temos Jesus destruindo e desfazendo as obras de satanás, revelando a beleza da vida eterna com Deus. O pastor batista John Piper disse assim: “A ressurreição de Jesus é triunfante porque ela vence a morte”.

O teólogo Agostino de Hipona disse: “Ele podia ter descido da cruz, mas preferiu levantar-se do túmulo”. Jesus decidiu cumprir a vontade do Pai. Decidiu abandonar os lenços e deixar o sepulcro vazio. O sepulcro vazio é a razão da nossa viva esperança como nos ensina o Apostolo Pedro (cf. 1 Pedro 1:3). O sepulcro vazio é a razão e motivação de nossa fé e de nossa pregação como nos ensinou Paulo (cf. 1 Coríntios 15). Se não cremos na ressurreição de Jesus nossa fé e nossa pregação é vã, pois a crença na ressurreição de Jesus é o cerne da fé cristã. Sem a certeza e convicção da ressurreição, ou se esperamos pela atuação somente nas circunstâncias dessa vida, somos os mais infelizes do mundo (1 Coríntios 15:19), mas se crermos de fato na ressurreição de Jesus, somos os mais felizes do mundo. O sepulcro vazio enche nosso coração de fé, esperança e certeza do poder de Deus. Graças a Deus que Jesus suportou a tentação de abandonar a cruz e de descer da cruz para ressurgir vitorioso com Poder e Glória, e se tornar o nosso Rei Eterno. Os que creem na ressurreição tem a promessa de que com Ele, reinarão para sempre (cf. 2 Timóteo 2:12/ Apocalipse 1:5 e 6).

Nós somos o povo que celebra o sepulcro vazio, pois cremos que Deus Pai ressuscitou Jesus ao terceiro dia, conforme as Escrituras e as nossas irmãs do primeiro século, e os apóstolos, se tornaram nossas primeiras testemunhas da ressurreição e nós cremos pelo testemunho deles pela fé, e testificamos em nossos corações pela transformação que essa mensagem promoveu em nossas vidas (cf. Lucas 24:1 a 12 e 36 a 43/ João 20 e 21). Somos testemunhas vivas do poder da ressurreição de Jesus e cremos que o sepulcro ficou vazio, e essa é nossa esperança, que nós um dia também ressuscitaremos com Ele, para a glória do Deus Pai.

O pastor batista Billy Grahan disse: “O cristianismo não tem nenhuma tumba para visitar, nenhuma cinza para adorar, nenhum morto para adorar. Cristo está vivo e viverá”. Nós adoramos o Cristo Vivo. Nós somos o povo da ressurreição e vida. O povo que celebra a Deus pelo Seu poder, por Sua vitória sobre a morte e sobre as obras do inferno. O povo que canta e celebra a Vida Eterna. O povo que caminha com a certeza da vitória pelos méritos de Jesus, que triunfou na cruz e na ressureição. Graças a Deus por Seu grande amor e por Jesus Seu filho que nos amou e nos comprou na cruz e deixou o sepulcro vazio. Graças a Deus pelo Seu Espírito que fala aos nossos corações essa verdade que muda nossa vida. Jesus está vivo! O sepulcro vazio é a prova que nosso Jesus vive e reina eternamente!

  • Jeferson Rodolfo Cristianini é pastor da Igreja Batista Nova Canaã Sorocaba.

Saiba mais:

» Fique em Paz
» Lavando o rosto

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.