13076932_1337667669580390_9081618674301140226_n

O Painel das Minorias trouxe ontem (22) aos participantes do Vocare2016 mais informações sobre os oito segmentos menos evangelizados no nosso país. Você conhece todos eles? Conhece as dificuldades de cada um? Conheça um pouco mais sobre eles.

Indígenas

Existem hoje 117 etnias sem presença missionária e sem o conhecimento do Evangelho. Destas, 60 são abertas para o evangelho, porém não há pessoas dispostas a ir.

Ribeirinhos

Há cerca de 37 mil comunidades ribeirinhas hoje no Brasil. 10 mil delas não têm presença de igreja evangélica.

Ciganos

Há cerca de 1 milhão e 200 mil ciganos no Brasil. Apenas 1% se declaram discípulos do Senhor Jesus .

Sertanejos

Há mais de 6 mil comunidades e vilarejos no Sertão Nordestino sem a presença de uma igreja evangélica.

Quilombolas

Há possivelmente 5 mil comunidades quilombolas no Brasil. 2 mil permanecem sem presença de uma igreja evangélica.

Imigrantes / Refugiados

Mais de 300 mil imigrantes vindos de 100 diferentes países vivem atualmente no Brasil. Em 27 destes países não há plena liberdade religiosa. Os imigrantes moram principalmente em São Paulo, Brasília, Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro.

Surdos

Há mais de 9 milhões de pessoas surdas ou com limitações de comunicação no Brasil. Menos de 1% deles é cristão.

Os mais ricos dos ricos e os mais pobres dos pobres

O Brasil tem 296 mil pessoas entre o 1% mais rico do mundo e mais de 5 milhões entre os 10% no topo. Segundos dados de 2014 do Banco Credit Suisse 4% da população estava em situação de pobreza extrema em 2013, segundo o IPEA. A presença evangélica é expressiva entre as classes socioeconômicas que se encontram entre os dois pontos, porém expressivamente menor nos extremos (os mais ricos e os mais pobres).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.