O tema da edição setembro-outubro da revista Ultimato é Alegria, alegria, por favor!. Para incentivar a sua leitura e alegrar um pouco o dia, a gente indica um vídeozinho muito legal. Afinal, tem coisa mais gostosa que uma boa risada?



(Tem? Então manda pra gente: juventudes@ultimato.com.br!)

Na seção Altos Papos, nada de moleza: o tema é TRABALHO e o convidado da vez sabe muito bem o que é isso. Jonathan tem só 26 anos, mas já é aluno de doutorado na UFMG! Além disso, é casado (e isso deve dar um trabalho também! :D) e faz parte da liderança da igreja onde congrega, em Belo Horizonte.

O sol já brilha, seus raios entram pela sacada, a leve brisa permite o ballet das árvores. Como é bom acordar e ter a sensação de que o dia será perfeito! Jó, você e eu já tivemos dias assim.

Porém, fechemos os olhos e viajemos até a noite anterior às notícias que poderiam ter arrasado a caminhada daquele homem temente e bondoso de coração. Ao abri-los, veremos um lindo dia se tornar cinza.

“O que ocupava o pensamento de Jó na noite anterior às desgraças que o acometeriam?”. Tudo ia bem: os filhos, os negócios, o relacionamento com Deus. “Seria realmente possível que algo pudesse tirar a paz do seu coração?”

Sábado passado vi um dia lindo ficar cinza. Fazia dois dias que havia retornado ao Brasil. Estava feliz, a viagem que havia feito me alegrou e eu me sentia agraciado. A sexta-feira transcorrera tranquilamente. Corri na universidade, li alguns quadrinhos, selecionei algumas fotos para compartilhar com os amigos e assisti a um filme. No final do dia, a noite estava perfeita para lindos sonhos. Continue lendo →

“Trouxeram ramos e fizeram para si cabanas, cada um no seu terraço”
Neemias 8.16

Não posso explicar o que nós temos. Ele me conhece como ninguém. Estava lá quando o sol não brilhou e quando as estrelas sumiram do céu. Contou cada lágrima, como conto as gotas de chuva na janela e os dias para que o Natal chegue. Estava lá na primavera, andando comigo entre as flores, distribuindo sorrisos. Entregou-me aquela rosa vermelha e me ouviu contar a mesma história milhares de vezes. Caminhamos na praia e nossas pegadas ficaram na areia.

Ninguém, como Ele, sabe de minhas manias e, quando acordo, pode dizer como o dia será pelos sonhos que tenho. Conhece meus sorrisos e a falta deles, cada olhar, cada gesto. Entende meu silêncio e o excesso de palavras. Observa-me por longos minutos. Não tenho como fugir da profundidade deste olhar. Contei para Ele, apenas para Ele, cada uma das dores e também os sonhos e as convicções. Só então descobri: o que me move é o mesmo de seu coração. Continue lendo →

A dica de hoje é inspirada pelo nosso lançamento do mês, Assim na Terra como no Céu: experiências socioambientais na igreja local, produzido em parceria com a organização A Rocha Brasil. Trata-se de um vídeo muito legal produzido nos Estados Unidos, mas que é extremamente válido para que repensemos nossas ações aqui no Brasil. É válido especialmente porque, como discípulos de Cristo, somos chamados a encarar com olhar crítico a cultura do consumo à qual estamos submetidos – e com a qual muitas vezes colaboramos.

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
Romanos 12.2

Video not available