Por Mikaella Tardelli

Nas Escrituras encontramos o fato de que depois da queda houve 2 tipos de morte: morte espiritual e morte física. Não fomos feitos para lidar com essa morte e o resultado  disso tem nos trazido muitos desafios.  

Em setembro temos um tempo para refletir sobre as vidas que são tiradas devido o sofrimento de alguns. É difícil pensar a perspectiva dos que sofrem ao ponto de tirar sua  própria vida. Muitos dizem que é falta de confiança em Deus ou que é imaturidade… não  acredito nisso! Não vivemos no lugar dos que sofrem, mas sei que a morte física e espiritual de uma pessoa vêm porque o pecado entrou no mundo.  

Em setembro pensamos nas pessoas que tiram sua própria vida, mas aqui na região do Distrito Federal vejo também a morte que a natureza sofre devido às queimadas. Mas o que a natureza tem a ver com aqueles que tiram a própria vida? A resposta é: os dois morrem devido o pecado. O Senhor não criou as coisas ou as pessoas para a morte e sim para a vida! A natureza geme por conta do pecado, as pessoas não tem esperança porque o pecado limitou as mentes sobre a verdade que liberta. 

Setembro é um mês para lembrarmos às pessoas que precisamos de vida! Vida essa que um dia vai restaurar todas as coisas, vai trazer esperança plena aos corações. Vai trazer uma vida plena diante de Deus sem mácula alguma. Mas de onde vem essa vida? Jesus é a vida! Ele é quem no calvário restaurou a nossa comunhão com Deus, é Aquele que quando voltar trará paz plena e restauração à terra que geme.  

Precisamos ser os remanescentes que compartilham a vida, compartilham a esperança e compartilham a restauração de todas as coisas! Somos aqueles que conhecem a Vida,  somos quem conhecem a Verdade, o Caminho, a Luz, o Pastor, a Porta, o Pão, o EU SOU.  A criação aguarda com grande expectativa os filhos de Deus (Romanos 8:19)! 

Mesmo com a morte ainda podemos ter vida! 

Leave a Reply to Danyela Cancel Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.