Por Cássia de Oliveira

Somos tão jovens, com uma vida inteira pela frente. Ao olhar para o futuro, contemplamos tantos sonhos, tantas experiências para viver e infinitas possibilidades. Estamos descobrindo nossa vocação e propósito, rascunhando possíveis planos para nossa vida.

Parece que hoje em dia precisamos conquistar o mundo antes dos 30, falam que isso é sucesso. Veja as capas da Forbes com suas listas 30 under 30: “30 jovens mais promissores do Brasil abaixo dos 30”, “30 destaques abaixo dos 30 anos dos esportes”, “7 hábitos dos jovens abaixo dos 30 anos para o sucesso”, “30 celebridades mais bem pagas abaixo dos 30 anos”.

A sensação é de estar numa corrida frenética contra o tempo com uma checklist para cumprir nas mãos. Como se a vida fosse uma checklist a se cumprir. Mas não é. Nossa geração está perdendo a beleza do processo. Queremos ter o padrão de vida que nossos pais conquistaram durante uma vida inteira em 5 anos. Esquecemos dos pequenos passos que eles deram lá no início.

Precisamos aprender, nós jovens ansiosos da pós-modernidade, a apreciar e acreditar nos pequenos começos, a confiar no processo. Grandes conquistas requerem pequenos passos de fé. Comece com o que você tem e faça o melhor que puder. É a partir dos pequenos começos que oportunidades surgirão.

Deus se importa com nossos pequenos sonhos. O Deus eterno e imensurável se importa em realizar nossos mais bobos e secretos desejos. É muita bondade e gentileza, não é? Por isso cuide bem daquele sonho ou meta que inflama no seu coração, que faz seus olhos brilharem. Não o despreze e não considere tão rapidamente como impossível de alcançar. Deixa eu te contar um segredo que descobri: um sonho parece impossível até você tentar e conseguir.

Se meu caro leitor for do tipo Tomé, que quer ver para crer, te conto minha história: este texto é um exemplo de que Deus se importa com nossos pequenos sonhos. Quando decidi ser jornalista, meu maior desejo era trabalhar com comunicação cristã. Na época eu não sabia se haveria oportunidades para isso, mas tinha certeza que esta era minha vocação. Com o tempo, fui conhecendo importantes publicações cristãs, como a Revista Ultimato, e descobri que existia um empolgante nicho nessa área para explorar. Todos os teólogos e escritores que eu acompanhava há tempos e que lia com grande admiração escreviam para a Ultimato. Então surgiu um pequeno e tímido desejo de escrever para a revista. Mas quem era eu para estar entre nomes tão ilustres? Uma simples jornalista recém-formada devoradora de livros.

Mas, Deus me encheu de coragem, e um dia enviei despretensiosamente um texto para a revista. Não esperei que os editores me notassem só quando me tornasse uma jornalista de renome, tomei a iniciativa, tentei. Dei um pequeno passo de fé. No final da história, meu singelo texto foi publicado ao lado de grandes nomes da igreja brasileira. E Deus realizou meu pequeno sonho: fui convidada a colaborar mensalmente no Blog Jovem da Ultimato. E cá estou eu escrevendo para te lembrar que o seu Deus se importa com seus pequenos sonhos.

Então, se permita arriscar, tente, vá atrás de suas metas, tenha coragem para enfrentar o medo da frustração, do não, da expectativa alheia. Apresente a Deus os seus planos e peça sua bênção e orientação. E se não der certo: tente outra vez, tire lições, mude a estratégia e a perspectiva. Só não vale desistir. Cada um tem seu tempo e espaço. Deus sabe o que é melhor para sua vida e está direcionando todas as coisas.

  • Cássia de Oliveira, 25. Jornalista formada pela UFRGS, noticiando boas novas. Fã de Jane Austen, defensora dos direitos das mulheres e cristã com senso crítico até dizer chega. Congrega na Assembleia de Deus de Guaíba (RS).
  1. Palavra Maravilhosa Guada pelo nosso Eterno e Glorioso Criador, Lindas suas palavras inspiradas pelo Santo Espirito, Que sim continuemos firmes na expectativa e objetivo sem desanimar, que enfim o dia Chegara…
    Deus Te Abençoe Imensamente!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *