Oração do crente que, em processo de despertamento espiritual, derrama suas carências perante o Senhor.

 

Santidade

Ó Deus, convence-me do pecado. De meu próprio pecado. Examina minha vida em detalhes. Descobre diante de mim qualquer propósito errado e mau para que eu veja e me sinta culpado.

Leva-me também ao arrependimento, á confissão e á mudança de atitude. Aproxima-me de Ti. Torna-me participante de Tua santidade.

Dá-me a coragem de negar-me a mim mesmo, em todos os casos de discrepância entre a minha vontade e a tua vontade.

Livra-me de qualquer tentativa de substituir a obediência pela oração, pelo louvor e pelas cerimônias litúrgicas.

Santifica-me progressivamente, continuamente, vitoriosamente.

 

Pureza

Ó Deus, livra-me da impureza: dos olhares impuros, dos pensamentos impuros e sobretudo, dos desejos impuros.

Ensina-me a lidar com o sexo sempre dentro das normas preestabelecidas. Mostra-me claramente o limite certo entre o apetite sexual sadio e o apetite sexual desordenado. Que eu e meu cônjuge, nós dois, nos aperfeiçoemos no amor, nos projetos familiares, na devoção religiosa, na economia do lar, na formação dos filhos, na delicadeza mútua e na prática do sexo.

Concede-me o privilégio de um leito sem mácula.

Salva-me da lascívia, da infidelidade conjugal, da prostituição e da pornografia.

Humildade

Ó Deus, perdoa a minha vaidade latente, a minha necessidade exagerada de atenção, a minha dependência de elogio.

Livra-me da cerviz e sem dobradiças. Afasta para longe de mim a soberba, a altivez de espírito, a arrogância medonha, a presunção antipática e a autossuficiência desastrosa.

Esvazia-me da humildade formal, só de boca, meramente de aparências.

Salva-me em especial do envaidecimento inconsciente, pois eu sei que “logo depois da vaidade vem a queda” (Pv 16.18). Dá me nada menos e nada mais que a humildade de Cristo.

 

Sabedoria

Ó Deus, a Tua palavra diz que se algum de nós “necessita de sabedora, peça a Deus, que a todos dá liberalmente” (Tg 1.5).

Daí a ousadia da minha oração: Dá-me Sabedoria. Sabedoria para entender-te, para entender a mim mesmo, para entender os outros.

Preciso de sabedoria para ver o invisível, para ouvir o inaudível e para fazer o impossível.

Preciso de sabedoria para lidar com as pressões da carne, a pressões do mundo e as pressões do diabo.

Preciso de sabedoria para não invejar os arrogantes, para não brigar com os semelhantes, para não sucumbir ao sofrimento, para na me abater sob a diversidade.

 

Poder

Ó Deus, reveste-me de poder. O poder do Espírito Santo. Poder sobrenatural.

Poder espiritual. Poder para vencer o pecado.

Poder para transformar deformações e traumas de infância. Poder para curar complexos.

Poder para conviver e sobreviver com as minhas deficiências. Poder para passar por cima de entraves e obstáculos. Poder para orar.

Poder para viver plenamente o evangelho. Poder para testemunhar que Jesus é o Cristo. Poder para dar contas de minhas carências e poder para servir os outros.

Dá-me a plenitude do teu Espírito. Para que rios de água viva fluam do meu interior em direção aos sedentos, aos famintos e aos vazios que estão ao meu redor.

 

Direção

Ó Deus, toma em tuas mãos a direção de minha vida. Leva-me para onde tu quiseres, quando Tu quiseres e como Tu quiseres.

Faze-me ir para frente e para trás, para a direita ou para a esquerda, devagar ou depressa. Controla-me completamente. Em todas as coisas.

Livra-me tanto da inatividade como da precipitação. Atrapalha os meus projetos e revela-me os teus projetos.

Ajuda-me a reconhecer dia após dia a Tua sabedoria e a Tua autoridade sobre mim.

Lembra-me constantemente que a tua vontade é boa, agradável e perfeita.

 

Confiança

Ó Deus, Tu sabes que eu creio em ti.

Todavia aumenta a minha fé, a minha certeza, as minhas convicções e minha confiança pessoal em ti.

Livra-me da hesitação, da incredulidade, das crises de fé.

Não me deixes esquecer de teu poder, de teu amor, de tua sabedoria, de teus recursos e de tua misericórdia. Que a fé me una a ti, que a fé me proporcione descanso, que a fé me forneça segurança, que a fé me dê energia, que a fé me propicie vitórias. Não quero ofender-te nem entristecer-te por falta de fé ou por causa de uma pequena fé. Nem tão pouco quero atravancar o avanço de teu reino por falta de fé.

 

Alegria e entusiasmo

Ó Deus, dá-me alegria. Livra-me do semblante triste e da tristeza de coração.

Da tristeza passageira e da tristeza mórbida.

Da tristeza razoável e da tristeza infundada.

Ensina-me a arte de alegrar-me no senhor. Dá-me também entusiasmo – aquele entusiasmo de quem está ao teu lado e a serviço teu.

Livra-me do desânimo, da apatia, da indiferença.

Enche-me de entusiasmo por Jesus Cristo, por sua igreja, por sua volta em poder e glória, pelo triunfo da verdade e da justiça, pela ressurreição dos mortos, pelos novos céus e nova terra e pela consumação de todas as coisas.

Texto originalmente publicado na edição 214 de Ultimato. Dezembro de 1991.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>