Por Gizelle Vieira

A Aliança Evangélica Pró Ribeirinhos – AEPR realizou nos período de 3 a 6 de outubro o II Congresso, em Manaus (AM). Com a participação de diversas agências, igrejas, líderes, pastores e missionários, a ocasião foi mais uma oportunidade para compartilhar esforços na evangelização dos ribeirinhos da Janela Amazônica.

Workshop, Grupos de trabalho, apresentação de projetos e novas estratégias preencheram os quatro dias de congresso, que encerrou com a aclamação do novo grupo de trabalho que irá coordenar a aliança pelos próximos três anos.

Entre os palestrantes Rev. Ronaldo Lidório, Rev. José João Mesquita, Pr. João Saraiva, Pr. Dave McClamma deixaram reflexões desafiadoras para a vida e ministério dos missionários que atuam na região amazônica e enfrentam as intempéries dessa missão.

Treinamento, cuidado missionário, recrutamento de novos missionários, planejamento, foram alguns dos assuntos tratados na mesa redonda por líderes de diferentes agências missionárias que trabalham nas comunidades e ribeirinhas e que também estão envolvidos no treinamento e capacitação de novos vocacionados e líderes locais para a plantação de igrejas e alcance da Janela Amazônica. Durante os workshops, os temas foram PEPE (programa missionário para igrejas locais, proteção a criança, oralidade. A ANAJURE, representada pelo assessor jurídico, Dr. Edmilson Almeida e pela Dra. Vivianne Lidório, coordenadora da região norte, ofereceu dois workshops: um sobre “Regime Jurídico das Organizações Missionárias” e outro sobre “Direito dos Povos Ribeirinhos: necessidades e legislação específica.

Para mais informações sobre o Programa de Apoio a Agências Missionárias (PAAM) e receber o informe semanal, acesse e se cadastre aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>