Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima. (Hebreus 10:25)

Os “desigrejados” precisam voltar às suas igrejas de origem ou a outras igrejas. Só não podem continuar fora delas. A lenha fora da fogueira se apaga. O médico e pastor Paulo Brito, da Igreja Missionária Evangélica Maranata, na rua Conde do Bonfim, no Rio de Janeiro, dá excelentes dicas para quem quer voltar.

1. Não escolha a sua igreja necessariamente por causa da proximidade em relação a sua residência.

2. Escolha uma igreja cuja linha teológica ou litúrgica afine com você. Se você gosta de louvar a Deus com cânticos e palmas, não faz sentido você procurar uma igreja diferente e vice-versa.

3. Escolha uma igreja cujo pastor ministre ao seu coração. Você tem o direito de não se identificar com uma igreja cujas pregações não alimentem a sua alma. Uma pregação vazia não combina com uma alma vazia.

4. Escolha uma igreja que valorize o estudo bíblico. Tanto você como as suas crianças precisam de Escola Dominical. Cuidado com a igreja que não dá espaço nem às crianças nem aos jovens.

5. Escolha uma igreja que seja transparente quanto à arrecadação de dízimos e ofertas, que preste relatório, que tenha um conselho fiscal.

6. Escolha uma igreja que se mostre abençoada por Deus em seu ministério.

7. Escolha uma igreja que pregue contra o pecado, que fale sobre o negar-se a si mesmo sempre que for necessário.

8. Escolha uma igreja que não tenha a presunção de ser a única, a mais bíblica, a mais santa, a mais cordial, e que tenha comunhão com outras igrejas irmãs.

A Palavra de Deus é enfática: “Não deixemos de congregar-nos, como é de costume de alguns” (Hb 10.25).

Texto originalmente publicado na edição 350 de Ultimato.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>