Disponibilizamos para os leitores o arquivo em PDF da matéria de capa da edição de março/abril de 2016: “Isaías ainda fala”, uma edição com arte da capa muito bonita.

Este oferecimento é feito na carona da edição mais recente da revista, cujo tema de capa é “O que os profetas diriam?”.

 

Aqui o link para a matéria em PDF.

 

E, abaixo, a introdução à matéria de capa da edição antiga:

Isaías era tremendo! Homem culto, conhecido como o rei dos profetas e o evangelista da primeira aliança, deve ter nascido em Jerusalém de uma família aparentada da casa real. Era casado e pai de pelo menos dois filhos. Quando morreu o rei Uzias, no ano 740 antes de Cristo, Isaías foi chamado para o ministério profético em meio a uma experiência religiosa dramática. Exerceu essa responsabilidade durante o reinado de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá, o reino do sul, de 740 a 701 antes de Cristo, 40 anos ao todo. Segundo a tradição judaica, teria sido serrado pelo meio, vítima da oposição.

 

O livro de Isaías, o primeiro e maior dos cinco profetas maiores, é simpaticamente chamado de “a Bíblia em miniatura”. Por ser parte do Antigo Testamento que mais se refere a Jesus, é também denominado “o quinto Evangelho”. (A palavra “salvação” aparece 27 vezes só em Isaías e apenas dez vezes em todos os demais livros proféticos.)

 

O recado de Paulo aos Romanos “Vejam como Deus é bom e também é duro” (Rm 11.22) lembra o livro de Isaías. O profeta escreve tanto sobre o juízo severo de Deus como sobre a graça de Deus. As mensagens duras são mescladas “como belos poemas de conforto e promessa”. Daí os textos O “que horror!” em Isaías, na página 24, e O “que beleza!” em Isaías, na página seguinte.

 

 

 

A edição de julho/agosto da revista Ultimato quer abrir os próprios ouvidos e os olhos para ouvir e enxergar melhor o que Deus “requer de nós”. Quer ajudar a igreja brasileira a ouvir “todo o conselho de Deus”, a responder às muitas perguntas que nos são feitas diariamente e atuar nos diferentes campos da cultura. Espalhe essa boa notícia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *