deise-jEm alguns álbuns, a gente escuta o intérprete cantar sobre os atributos da justiça de Deus. Em outros, ouvimos muito sobre perdão e misericórdia. No caso de “Final Feliz”, de Deise Jacinto, as músicas revelam para nós o lado artista de um Deus que é sensível , nos entende em nossas imperfeições e se alegra em criar com tanta beleza.

O cd, que é a estreia de Deise, já tinha sido lançado de forma independente em 2015, e em 2016 foi relançado pela Sony. Dá pra ouvir ele inteirinho (junto com o playback) em diversas plataformas digitais, é só conferir no site da cantora. Os singles Me Leva e Inventor do Tempo já tem clipes no canal dela.

“Final Feliz” é daquele tipo de álbum em que até as músicas com temas tristes e de lamento te deixam em paz, porque a certeza da esperança transborda do início ao fim. Talvez um dos únicos problemas do álbum seja o de que as faixas são melodicamente muito parecidas entre si. Mas isso não vai ser defeito para quem gosta de um estilo autoral, leve e bastante poético.

Com sua arte, Deise Jacinto fala de um Deus que faz arte, e que merece boa arte feita sobre Ele. Afinal de contas, “Como pode um pintor ser refém da sua própria obra? Ou quem sabe um escritor prisioneiro em sua história?” Que a gente deixe Deus escrever pintar em nós e através de nós, como Deise anda fazendo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>