Por Rodrigo Almeida

Imagem: Foto Divulgação

Eu me lembro de quando dei o meu primeiro beijo. Foi uma “coisa” meio engraçada. Comédia mesmo! Falo disso com o intuito de chamar atenção para como as coisas mudaram. Hoje, meninas e meninos são pais e mães com quinze anos de idade. O que aconteceu com esta geração?

Refletindo sobre este assunto me lembrei do filme “Amizade Colorida”, uma comédia que conta a história de um jovem convencido por uma recrutadora a tentar a sorte em Nova York. Ele topa e logo os dois se tornam amigos. Um dia, assistindo filme na casa dela, começam a falar sobre a necessidade de sexo. O casal faz um acordo de ter relações sexuais simplesmente para controlar esse desejo. Não haveria namoro ou compromisso, simplesmente sexo casual.

Eu fico pensando quando foi que o sexo começou a virar algo banal. Hoje, existe uma geração de jovens que são como esses do filme, que olham o sexo como algo sem importância. Eles pensam: assim como sinto fome e como um pão na padaria, sinto sede e bebo água, estou com sono e durmo… se estou a fim de fazer sexo, escolho um aí e faço. Simplesmente para matar minha vontade.

Estão errados. Sexo é algo especial é bonito, é gostoso e é lindo quando feito com compromisso. Um presente maravilhoso de Deus para ser feito por duas pessoas que se amam e que sabem que escolheram uma a outra não só para transarem, mas para viver uma vida juntos. Precisamos nos posicionar contra esta onda de amizade colorida de sexo sem compromisso que, inclusive, tem entrado nas igrejas. Os jovens precisam saber que a vida real não é Hollywood. No filme o casal se apaixona e termina junto, mas na realidade esse tipo de “relacionamento” faz as pessoas saírem machucadas e cheias de feridas internas.

Você acha que esse estilo de relacionamento tem tentado invadir nossos templos?

Comente. Deixe sua opinião!

____________________

Rodrigo Almeida é de Petrópolis, Rio de Janeiro, e escreve para o blog “Sala de Cinema Gospel“.

  1. Essa infelizmente é uma realidade que tem invadido nosso meio… Hoje em dia os jovens tem esquecido que Deus nos chamou para sermos santos como Ele é… Parabens Rodrigo que Deus te ilumine a cada dia para levar essa geração a se aproximar de Deus e a viver como Ele!

  2. OI RODRIGO!
    POR MAIS QUE SE QUEIRA VER ESTA MUDANÇA COMO MODERNISMO, NÃO TEM COMO NÃO ANALISARMOS A PERDA DESTES JOVENS QUE ENTENDEM O SEXO COMO APENAS UMA NECESSIDADE FÍSICA, COMO BEM O DIZES,EQUIPARADO A COMER E BEBER.
    SEXO É ALGO IMPORTANTE POIS ATRAVÉS DELE, CRIAM-SE FAMÍLIAS E NASCEM CRIANÇAS, SE NÃO FOSSE UMA DÁDIVA DIVINA NÃO SERIA ASSIM QUE SE PROCRIARIA, PORTANTO SUA BANALIZAÇÃO E PROMISCUIDADE É UM ERRO.
    UM BELO TEXTO NOS LEVANDO A REFLEXÃO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

  3. A culpa è dos pastores, lideranças que infernizaram a mente dos nossos jovens colocando medo, pavor…sobre a adolescência e juventude deles. Tudo èra pecado e todos eram pecadores. Nao existiu conselhos e informaçoes corretas. Agora os proprios jovens e adolescentes pagam o preço por uma libertaçao que è errada mas està acontecendo. Chega de religiosidade e vivamos uma vida livre no Senhor, ai sim, todos saberam viver conforme a sua Palavra.

  4. Muito boa a observação feita pelo autor. Muitos jovens são fúteis como o casal protagonista do filme, infelizmente. Atualmente o sexo tornou-se algo simples e que praticamente não envolve sentimento verdadeiro. Tornou-se para muitos basicamente o mesmo que o filme Amizade Colorida significa: Algo vago, e sem valor algum…

  5. Parabéns Rodrigo!

    De fato o texto abordado tem tentado entrar nas Igrejas, infelizmente fora da igreja já ocorre, mas nós que conhecemos a palavra de Deus, devemos nos impor para que isso não venha influenciar a juventude, falando da palavra de Deus, das promessas de Deus.

    Que Deus continue te abençoando e que pessoas possam ser tocadas, atraves das suas palavras.

    Um abraço!

  6. Concordo, Rodrigo. Fiquei chocada ao, um dia desses, ouvir moças contando de suas experiências sexuais e analisando o “desempenho” de seus parceiros às gargalhadas. Perdeu-se o conceito de intimidade e sexo é visto como uma performance. Triste!

  7. Otimo Texto!
    “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”
    Romanos 12:2

  8. Amado amigo e, irmão em Cristo Rodrigo. Sou meia suspeita de falar, pois gosto de tudo que vc escreve, fazendo exatas conclusões e, levando-nos a pensar, refletir que nossa vida não é um conto de fada. Necessitamos ler mais a Bíblia e, ver um pouco menos filmes que trazemos erroneamente para a realidade. Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>