A tempestade me faz bater o coração, como se ele fosse pular para fora do peito. Escutem o estrondo da voz de Deus, o trovão que sai da sua boca. Ele solta relâmpagos por todos os lados do céu e de uma ponta da terra até a outra. Então ouve-se o rugido da sua voz, o forte barulho do trovão; e durante todo o tempo os relâmpagos não param de cair.

Reflexão

Eu tinha 20 anos. Passei o verão na praia como voluntário para uma igreja que teve um ministério com os turistas. De dia eu trabalhava como salva-vidas para me sustentar e à noite participava do ministério entre jovens e turistas.

De vez em quando surgia uma tempestade e todo o mundo saía da praia a procura de abrigo. Como salva-vidas eu era obrigado a permanecer caso  acontecesse algum problema. Sozinho na praia, adorava assistir o show de relâmpagos, vento e ondas. Eu me sentia na própria presença de Deus diante de demonstração de tanto poder.

Um dia destes, em plena tempestade, uma amiga, Betty Lou, chegou na praia para ver se eu estava bem. De repente, com Betty Lou um metro na minha frente, fui empurrado, como por uma mão gigante, nariz para o chão (areia). Quando levantei, para minha surpresa, a Betty Lou ainda estava em pé. Pensei então que não foi o vento que me derrubou. Outro detalhe. A Betty Lou estava em choque, boca aberta. Quando procurei saber o que aconteceu, ela me falou que viu uma bola de fogo cair na minha cabeça, um relâmpago, que me deixou prostrado. Duas pessoas morreram de relâmpago aquele dia no verão de 1.972, mas eu não (óbvio!).

Aprendi aquele dia a lição da passagem acima. Deus é poderoso. E tudo é sujeito a Ele, toda a criação e todas as pessoas. O mundo inteiro, se prestarmos a atenção, proclamar a sua magnitude.

Oração

Grandioso Deus, com é bom sabe que tudo está debaixo do teu controle. Adoramos-te, ó Pai. Em nome de Jesus. Amém

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.