O excelente músico e pastor Gladir Cabral iniciou um novo projeto musical, em parceria com Thiago Azevedo e Fabrício Matheus. Chama-se “Canções da Floresta”. “Vamos falar de pássaros, árvores, vilarejos e povos da floresta. Vamos falar de destruição e preservação, de desmatamento e reflorestamento, de planta, bicho e gente”, disse Gladir.

A primeira canção do projeto é Uirapuru, em homenagem ao misterioso pássaro amazônico, apreciado pelo seu lindo canto. “Esta canção celebra um de nossos pássaros mais nobres e melodiosos”.

Conheça a letra e ouça a canção.

 –Video not available

Provider:
Title:
Thumbnail URL:
Embed URL:
Link:
Width: px
Height: px
Got data @: 14.12.2019 14:30:34

Uirapuru

Canta tua poesia

faz bailar o arvoredo
Vem, desperta o novo dia mais cedo
Ó flautista iluminado
Anuncia o teu segredo
Tua dança leve no arvoredo

Faz surgir contigo a primavera
Ilumina o coração da floresta
Tua dança tão serena
Chama o vento pra dançar
E a terra começa a brotar

Uirapuru cantador do tempo
Uirapuru, leve como o vento
Uirapuru, sempre tão sutil
Tão misterioso quanto o Brasil

De onde vem a melodia?
Esse choro tão bonito?
Vem de um coração alegre ou aflito?
Quem já viu a tua dança
Teu bailado tão bendito
Sabe que teu canto vem do infinito

Sabiá parou pra ouvir novamente
Tua bela melodia de amor
Bem-te-vi te viu dançando
E ficou a escutar
E a vida pousou pra sonhar

Uirapuru cantador do tempo
Uirapuru, leve como o vento
Uirapuru, sempre tão sutil
Tão misterioso quanto o Brasil [canto do Brasil]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *