O que disseram da Ultimato nos seus 54 anos
Por Valdir Steuernagel

 

A Ultimato tem muita história para contar. Afinal, são 54 anos de contínua busca pela integridade e fidelidade à vocação que Deus lhe tem dado, e um claro compromisso em discernir os tempos que vivemos e a Palavra de Deus que é pronunciada “para dentro” de cada um destes tempos. Tempos que, de fato, nunca foram muito fáceis neste Brasil de tantas crises e descontinuidades.

Ao entrar na contação de histórias, uma lágrima poderia ser percebida, em memória ao desafio de colocar mais uma edição da revista, recém impressa, no correio, quando o “caixa” estava absolutamente vazio. Mas, logo um sorriso também emergiria, pois a mesma memória daria testemunho da experiência, entre tantas, que viu os exatos recursos apareceram, como um milagre, para suprir ao exato custo do “correio”.

Assim é a história da “Ultimato”: 54 anos de experiência com a fidelidade de Deus e com uma vocação que precisa ser expressa com a simplicidade que depende da suficiência de Deus, a continuidade que se alimenta da fidelidade de Deus e a consistência que leva sempre novamente ao encontro da palavra que Deus pronuncia, a cada tempo, segundo a narrativa contida em sua própria palavra.

Tenho tido o privilégio de acompanhar a Ultimato no decorrer de várias décadas e dou testemunho dessas exatas marcas e das quais carecemos tanto, como igreja evangélica, em nossos dias: simplicidade, continuidade e consistência. A simplicidade na vivência da fé e da dependência de Deus. A continuidade que vê a vocação fazer transição entre gerações e a consistência que se expressa como busca de fidelidade ao que Deus espera de nós a cada ano… e até agora por 54 anos.

E quando falo de “Ultimato”, é importante registrar, não estou apenas falando de uma revista. Estou falando de uma vocação ministerial, de uma “família” que Deus vai gestando, acrescentando e renovando e de um testemunho que dá visibilidade e palpabilidade para o fato de que Deus fala hoje e que o que ele diz é fundamental para a nossa vida individual e coletiva.

Obrigado a cada um que tem deixado esta marca testemunhal na história da Ultimato e a todos que tem feito parte desta família estendida por todo o Brasil.

 

Valdir Steuernagel é pastor luterano e integrante da Aliança Cristã Evangélica Brasileira e da Visão Mundial. @silva.steuernagel.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.