O colunista do portal, Gerson Borges, em um dos maiores e melhores estúdios do pais, NaCena, em São Paulo. Com a devida vênia, uma mistura de Dave Brubeck e Tom Jobim.

Com o auxílio luxuoso de Stanley Wagner, guitarra elétrica; Marcio Teixeira, bateria; Fernando Rosa, Baixo acústico; e, Fernando Merlino, pianista e arranjador, Gerson Borges canta “Cristo é Meu”, gravada no século passado no Brasil pelo velho e bom VPC (Vencedores Por Cristo).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *