O encontro entre dois gigantes do século 20 – C. S. Lewis e Freud –, conversando sobre o problema do sofrimento, sobre amor e sexo, sobre a existência (ou não) de Deus e sobre a morte, descrito no premiado Deus em Questão, ganha também os palcos brasileiros.

A adaptação brasileira para o teatro, Freud – a última sessão, está em cartaz no Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro, com Helio Ribeiro na pele do psicanalista ateu e Leonardo Netto interpretando um dos maiores defensores da fé cristã, o criador de Nárnia.

A peça do dramaturgo Mark St. Germain, baseada em Deus em Questão, de Armand Nicholli, e dirigida no Brasil por Ticiana Studart, acaba de abocanhar o prêmio de melhor peça Off Broadway Alliance Awards. Com elogio aos atores e o título de “O bom embate intelectual de dois”, a conhecida crítica e professora Bárbara Heliodora também recomenda a peça: “um espetáculo interessante como conteúdo, que faz pensar e, ao mesmo tempo, diverte”. Uma boa ocasião para repetir a surrada estampa das camisetas dos anos 80: “Vá ao Teatro”.
Video not available

Video not available

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *