De acordo com Douglas Gresham, um dos filhos de Joy que eu conheci pela internet, e encontrei pessoalmente em Oxford, há várias inconsistências com relação a alguns fatos, como a omissão do seu irmão, David no filme. Imagino que isso se deveu a uma questão de economia e conveniência dos produtores do filme.

Talvez também quisessem preservar a identidade desse filho, que preferiu ficar longe das câmaras de seu famoso padrasto e, ao que sabemos, também do cristianismo. Outro fato omisso foi de que quando conheceu Joy pessoalmente, Lewis já tinha ido lecionar em Cambridge, onde o esquema de aulas era um pouco diferente de Oxford, retratado no filme.

Mas de uma maneira geral, de acordo com Douglas, o diretor conseguiu recriar bem o relacionamento dos dois e o clima que imperava no lar dos Lewis.

Anthony Hopkins disse certa vez que se trata de uma “iluminação baseada em fatos”. Em entrevista ele também afirma que o papel de Lewis foi um dos mais emocionantes que já havia feito até então.

  1. Parabens Dra Gabriele por lutar tanto para traser a nos brasileiros o trabalho deste grande ser humano que foi nosso querido Lewis.

    As obras de Lewis são ferramentas para um encontro intimo e profundo com Deus e possibilitam reconhecer em nós e nos outros a humanidade , humanidade esta que infelizmnete se perde nesses dias de sombrios .

    Como todo fân de Lewis e de suas cronicas , aguardo com intusiamo a chegada de “A Viagen do Peregrino da Alvorada” enquanto reflito melhor a vida e o pensamento desse grande autor com uma obra (que alias foi prefasiada por voçe) ” C S LEWIS – O MAIS RELUTANTE DOS CONVERTIDOS”

    • Nem imagina como eu mesma estou ansiosa para ver o próximo filme. Nárnia é mesmo apaixonante! Sobre o livro, eu conheci o autor e sua esposa, ambos estudiosos da obra de Lewis, e fui contemplada para fazer a tradução, o que acabou não dando certo. Então, deram-me esse “prêmio de consolação”, rsrs.

  2. ( NÃO PUBLIQUE ESTE COMNTARIO)

    OLA PROFESSORA GABRIELLE…
    ME CHAMO RAFAEL E SOU ALUNO DO TERCEIRO ANO DE HISTORIA DA UFMS/CPTL DE MATO GROSSO DO SUL.
    SOU GRANDE FAN COMO JA COMENTADO DE LEWIS E SUAS OBRAS.
    PENSO EM FAZER UM TRABALHO SOBRE A FORMA COMO LEWIS RETRATA A MITOLOGIA GREGA EM SUAS CRONICAS .
    ESTOU ADORANDO O LIVRO ” O MAIS RELUTANTE….”, MAIS UMA VEZ PARABENS POR TRAZER ATÉ NOS UM POUCO MAIS DO LEWIS E DE SEUS PENSAMENTO !

    • Oi Rafael,

      Fico muito contente em saber que vc pretende fazer um trabalho acadêmico sobre Lewis! Saiba que sonho em ter, no futuro, um banco de dados só de trabalhos sobre Lewis em português. Então, mantenha-me informada!

      Afetuosamente

      Gabriele

    • Oi Rafael,

      Que bom saber do seu trabalho. Ou vc já comentou algo assim comigo ou vc não é o primeiro aí no UFMS. Procure seus pares! Além de saudável, isso é cristão, rsrs. Se tem alguma ABU ou grupo de estudos cristão na Universidade, isso te ajudará a “sobreviver”, pois a barra nas universidades públicas em geral, mas tb nas particulares é bem pesada e não fomos criados para suportar tanto peso, e nem para ficarmos sozinhos com ele. Lembre-se: nosso fardo é leve.
      Mantenha-me informada sobre o andamento das coisas, o.k.?

      Grande Abraço

    • Oi Rafael,

      Já nos conhecemos, não é? Muito interessante essa abordagem. Tem alguns colegas seus que já abordaram a questão da mitologia como o Márcio, que escreveu “O canto de Aslam” (Editora Reflexão).
      Se quiser, posso te pôr em contato com outras pessoas que estou estudando o tema.

      Tem muita coisa em inglês também. Conhece o site Into the Wardrobe? É de um amigo meu, Bruce Edwards. Vela a pena conferir.

      Mas a abordagem não é desgastada. Então, mande ver, que vale a pena.

      Abs

      Gabi

    • Oi Rafael,

      Que bom saber que vc tb curte Lewis. Olha tem muito de história no pensamento dele, principalmente nas obras da área dele, que era literatura medieval e renascentista. Sugiro que vc leia a dissertação dele, A Alegoria do Amor, que eu tive o prazer de traduzir, que saiu pela Editora É-realizações. Vão sair em breve mais quatro livros dele, nessa linha. Espero que ele (Lewis) continue te inspirando nos seus estudos.

      Grande abraço

  3. Olá Gabriele,

    Gostaria de parabeniza-la e agradecer pelo seu ótimo trabalho e site sobre Jack C. S. Lewis aqui no Brasil (já faz algum tempo que acompanho seu site, desde de um podcast do irmaos.com que vc participou =D)! Tive meu primeiro contato com Lewis através de Nárnia, já há alguns anos atrás. De lá para cá meu interesse por tudo que se relacione a CS Lewis só tem aumentado. Cada vez mais venho conhecendo e admirando (o que não é nem um pouco difícil) essa grande pessoa que foi ‘Jack’ . Ele tem sido, em diversos aspectos, não apenas para mim como, acredito, para muitos outros cristãos um grande exemplo de vida. É uma pena que ainda tenhamos certa dificuldade em encontrar varias das suas obras aqui no Brasil (exceto os de Nárnia, que felizmente tem se difundido bastante xD).
    A respeito do filme Terra das Sombras (ainda não vi), ele existe apenas como filme, ou é uma adaptação de algum livro?

    Obrigada,
    Um grande abraço,

    Raíssa

  4. eu estou emocionada,por finalmente emcontrar um site digno sobre esse que é um dos maires escritores e exemplo de vida, o meu amado jack.valeu a pena dr:gabriele adoraria conhecer melhor a senhora e poder me aprofundar cada vez mais na vida de c.s.lewis. um abraço!

  5. Oi Gabriele faz tempo que não visito o seu site por falta de tempo, mas agora vou visitar com mais frequência. hoje mesmo li uma matéria. Também tenho divulgado para alguns amigos que gostam, que Deus te abençoe pelo seu esforço em manter esse site e divulgar as obras desse escritor que é tão importante par nosso crescimento espiritual. A coisa no brasil estar critica em temos de pregação do evangelho, ha muita pobreza de contudo nas mensagens, infelizmente. por isso recorro constantemente as obras do C.S Liwes. parabéns pelo seu trabalho.

    • Oi João,
      Que bom saber que está gostando do site. Realmente, eu o vejo como uma missão que tem dado muitos frutos para a Obra do Reino. Obrigada pelo reconhecimento e incentivo para eu manter sempre vivo esse canal de comunicação.
      Deus te abençoe!

      Grande abraço

  6. Gabrielle
    parabéns pela iniciativa. Me deixa muito triste saber que CS Lewis não é tão valorizado no Brasil como em outros países :/
    Mas gostaria de saber se existe alguma tradução, mesmo que seja “informal”, de “Reflections on the Psalms”.
    Mais uma vez, parabéns…

    • Oi Anderson,

      Obrigada!! É triste mesmo, mas é uma realidade. Daí a minha luta inglória. A glória pertence a Deus mesmo, então, está tudo bem, rsrs.

      Sobre Reflections on the Psalms, realmente não há tradução, mas se não me engano, a Ichtus Editora está anunciando algo nesse sentido…

      Abs

      Gabriele

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *