UltJovem_22_06_16_selo_meulugarnomundo-01Deus foi bom ao me mostrar aos poucos, no decorrer da minha vida cristã e acadêmica, aonde exatamente Ele queria que eu estivesse. Na primeira vez em que questionei sobre minha vocação, fui confortado pelo testemunho de um missionário experiente: “Eu apenas me dispus para ser usado por Deus”. A oração que minha mãe fez em sua mocidade também me inspirou e me ajudou a achar meu lugar no mundo: “Senhor, me usa onde, como e com quem tu quiseres”. A disposição para servir também foi o segredo de grandes profetas como Isaías e Jeremias.

Apesar de ser missionário efetivo há apenas cinco anos, já estou envolvido há uma década no trabalho para o qual o Senhor me chamou a servi-Lo: o ministério de Etnoartes. O objetivo deste ministério é levar os povos a adorarem ao Senhor com suas próprias expressões artísticas. Como eu soube que esta era a minha vocação? Através das portas que Deus abriu para mim, para fazer um mestrado em etnomusicologia, lecionar em eventos nacionais e internacionais, e participar de redes internacionais de etnoartes. Só me restava entrar por essas portas, porque eu tinha certeza que só Ele poderia dar oportunidades tão extraordinárias quanto essas.

O ministério de Etnoartes ainda é relativamente novo no Brasil. Já ouvi muitas críticas de missionários veteranos dizendo que esse tipo de trabalho não dará certo. Ninguém disse que o caminho seria fácil. Espera-se que um trabalho pioneiro enfrente dificuldades como essas. Porém, mesmo com as limitações de um trabalho recém-conhecido, o Senhor continua abrindo as portas para que ele seja realizado. Entrar em portas abertas extraordinariamente foi o que levou William Carey a servir ao Senhor na Índia e o Irmão André a propagar o evangelho em países comunistas.

A combinação desses dois elementos: disposição para servir e aproveitar as portas abertas, sem dúvida, vai te levar a encontrar seu lugar no mundo.

 

heberHéber Negrão, 33 anos. Missionário há cinco anos com um povo indígena no norte do Brasil.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *