baseado em Mateus 6.5-13

Uma boa receita possui duas partes: ingredientes e instruções de composição. O mesmo ocorre com a oração. Uma boa oração possui os seus ingredientes e as suas instruções de composição. Você pode protestar. Afinal, existe uma fórmula fixa de orar? Bem, fórmula fixa, talvez não. Mas existem várias receitas detalham bem tanto o conteúdo quanto a “entrega” das nossas orações. Vejamos, por exemplo, a instrução simples do nosso Senhor e comparemos com o procedimento que muitos entendem como a oração “abençoada” e “poderosa”. Qual é qual?

Você decide!

Primeira Receita:

Ingredientes:
Saudação:
1 dosagem de intimidade (“pai”)
1 dosagem de personalidade (“nosso”)
1 dosagem de ser direto (é a primeira frase)
1 dosagem de brevidade (sem mais adjetivos)
não esquece do endereço (“que estás no céu”)
Miolo:
Grande dosagem de enfoque em Deus primeiro (“santificado o teu nome”, “venha o teu reino”, “seja feita a tua vontade”)
Dosagem média de enfoque em nós segundo (“nos dá pão”, “livra-nos do mal)
Dosagem proporcional nos nossos relacionamentos (“perdoa-nos assim como nós perdoamos o próximo”)
Fecho:
Uma dosagem de propriedade (“teu é o reino…”)
Uma dosagem de perspectiva (“reino, glória e poder”)
Instruções de Composição

  1. Misture os ingredientes de modo pausado para não repetir as dosagens
  2. Empregue um volume baixo de voz, simples, e sem entonação diferente ou “espiritual”
  3. Acima de tudo, não chame atenção para si, pela intensidade de voz ou elaboração excessiva.
  4. Não faça demandas, apenas afirme sua confiança

Segunda Receita:

Ingredientes:
Saudação:
Grande dosagem de formalidade (pense em todos os nomes de Deus)
Grande dosagem de impersonalidade (tipo “Criador do universo”)
Grande dosagem de repetição (insistência!)
Grande dosagem de elaboração (vá fundo com os adjetivos: “maravilhoso”, “poderoso” …)
Esqueça do endereço (Deus onipresente)
Miolo:
Grande dosagem de pedir tudo que tem direito, pois você é “filho do Rei”
Fecho:
Não há um jeito certo mas, na dúvida, fale sempre “em nome de Jesus” com bastante fervor.
Instruções de Composição

  1. Fale rápido para enfiar o máximo de adjetivos possíveis
  2. Empregue um volume alto de voz, falando complicado, e com aquele entonação “sagrada”
  3. Fique em pé onde todos podem vê-lo, e mostre intensidade de voz, elaborando tudo que diz.
  4. Reivindique as “promessas” de Deus para sua vida e exija mesmo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>