Por Steffi de Castro

Iniciativa de leitura da ABU em Imperatriz (MA)

Iniciativa de leitura da ABU em Imperatriz (MA)

O IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) é a “nota” do ensino básico no país. O objetivo é que todos os estados alcancem a nota 6 até 2021. Quatro estados que compõem a Região Norte da ABUB – Aliança Bíblica Universitária do Brasil – (Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Piauí, Roraima e Tocantins) estão entre as últimas posições.

O Brasil é o único país sul-americano que participa do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos, uma iniciativa internacional de avaliação comparada, aplicada a estudantes na faixa dos 15 anos), desde sua primeira aplicação. Mais uma vez, o segundo pior resultado pertence a nós é o estado do Maranhão.

Para nós da Região Norte, saber que muitos jovens nem sequer têm uma educação digna, frequentam regularmente a escola e muito dificilmente chegam à universidade, revela o grande desafio que temos.

Historicamente somos os estados que sempre estão abaixo do nível desejado, somos a região que sempre recebe menos investimento em educação básica, que mesmo na universidade não lê além dos livros – ou melhor, capítulos – indicados pelos professores.

Podemos enxergar reflexos destes números em nossos eventos, como o Curso de Férias. Ainda são poucos os que compreendem que é importante a leitura dos livros indicados, aqueles que realmente leram ou que levam suas resenhas é uma minoria.

O que podemos definir como falta de responsabilidade e até mesmo falta de recursos é na verdade muito mais, é uma questão cultural, uma barreira que precisamos ultrapassar.

Então, como fazer os jovens “ABUenses” nortistas lerem? Como a Secretaria de Literatura Regional pode ajudar? Como mostrar aos jovens cristãos que além da Bíblia podemos ir além e ler livros que nos “discipulem”?

A literatura não é apenas uma forma de expressão, ela faz parte da nossa missão, ela ajuda na formação e maturidade espiritual de cada jovem. Segundo o autor Jeverton “Magrão” Ledo, “a produção literária deve falar alto, deve alertar, intervir e gerar transformação.” Podemos aprender muito com a literatura, muito de Deus! E estamos trabalhando para isso.

A Secretaria de Literatura Regional vinha com a ideia de publicar um boletim literário, que foi posto em prática no ano de 2013. Batizado por meio de uma enquete, o “Norteando” completou um ano em março!

O “Norteando” é um boletim colaborativo, os estudantes, profissionais e alguns convidados participam enviando suas resenhas e demais produções artísticas, reflexões e outros materiais. Ele é a maneira que encontramos de incentivar a leitura, a produção de texto e a participação de todos os outros envolvidos em secretarias de literatura localmente.

Simultaneamente surgiu a ideia do “Clube do Livro”, que a ABU Imperatriz (MA) deu início e serviu de modelo para outros grupos. Hoje, Imperatriz, Manaus (AM) e Araguaína (TO) têm um clube de leitura ativo, mas a ideia já está se espalhando e outros grupos vão iniciar em breve!

São iniciativas comparadas a gotas d’água no oceano, mas um oceano se faz de gotas. O trabalho de incentivo e conscientização à leitura é um processo, com resultados em longo prazo.

Estas dificuldades são reflexo de uma sociedade desigual, onde a educação é privilégio da elite. Aqui no Norte ainda é uma minoria que pensa em entrar na universidade ao concluir o ensino médio, mas que já se preocupam em encontrar trabalho ou mesmo constituir família. Assim, a formação acadêmica é deixada para depois, recebendo a atenção só na idade adulta, o famoso “correr atrás do prejuízo”.

Estamos falando de uma realidade regional, mas sabemos que é o Brasil inteiro que ainda está doente nesta área. A “meritocracia” não é uma verdade aqui, nem todos têm oportunidades e são bem poucos aqueles que, mesmo com muita dificuldade, alcançam o objetivo de uma graduação.

Somos nós, jovens, universitários e cristãos, que temos os recursos para mudar isso. E dentro dessa missão, a literatura também é um chamado de Deus, e a educação deve ser uma preocupação nossa.

 

Steffi de Castro é presidente da ABU Norte.

 

Nota: Artigo publicado originalmente no site da ABU. Fontes: pearsonfoundation.orgideb.inep.gov.brexame.abril.com.brwww.ultimato.com.br

 

pisa_0

ideb_0

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.