Depois que Jesus foi levado aos céus com a promessa de que um dia voltaria para nós, o apóstolo Pedro se tornou o líder da Igreja Cristã, que acabava de ser inaugurada por Jesus. Cristo ordenou que os discípulos esperassem em Jerusalém até que o Espírito Santo se manifestasse. E eles o fizeram por quarenta dias. O número de discípulos durante esse tempo girava em torno de cento e vinte.

→ Leve-me direto ao Mutirão Mundial de Oração

Ao se manifestar o Espírito Santo, todos começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito os havia habilitado.

Quando outros ouviram o som das vozes, vieram correndo e ficaram espantados, pois cada um deles ouvia em seu próprio idioma. Sem entender o que estava acontecendo, Pedro lhes conta sobre as profecias cumpridas, sobre o plano redentor de Deus, os sinais através de Jesus e o derramar do espírito como foi prometido.

Alguns tiveram o coração partido e quiseram saber o que fazer. Pedro lhes diz que é preciso “se arrepender, para o perdão de seus pecados, e cada um deve ser batizado em nome de Jesus Cristo. Então receberão a dádiva do Espírito Santo. Essa promessa é para vocês, para seus filhos e para os que estão longe, isto é, para todos que orem chamados pelo Senhor, nosso Deus.“

O encontro dos seguidores de Jesus começou com 120 pessoas e terminou com 3.120! Com a presença do Espírito Santo, uma grande multiplicação aconteceu.

A partir dessa história, convidamos seu grupo de crianças a refletir sobre quem é Jesus, o  Espírito Santo e como ele se manifesta. Através de uma dinâmica, elas serão desafiadas a trabalhar em equipe, refletir na história do Pentecostes e a orar como os discípulos pedindo a atuação do Espírito Santo na vida de crianças e adultos de suas comunidades.

 

Esta dinâmica está disponível nos Guia nas páginas de 13 a 19.

 

Guia do Mutirão de Oração 2022

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.