Semana do Meio Ambiente | Estudo 4: Final Feliz – destino da criação, destino do ser humano

Estudo 4: Final Feliz

Destino da criação, destino do ser humano

Especial: Série Meio Ambiente

Textos básicos: Gênesis 9.9-11; Isaías 65.17; Apocalipse 21.1

Leituras semanais
Segunda-feira: Is 65.17-18; 66.22
Terça-feira: Mt 25.31-34
Quarta-feira: Ap 5.13
Quinta-feira: Ap 21:1-5
Sexta-feira: Gn 9.9-11
Sábado: 2Pe 3.13
Domingo: 2Co 5.17

Reflexão

A Bíblia diz que no final veremos novos céus e nova terra. É comum entender que, por serem “novos”, estes serão outros céus e outra terra, e não terra e céus renovados. Como serão então, outros ou os mesmos, mas renovados? Esta pergunta é essencial para o empenho no cuidado da criação, porque, se tudo vai virar fumaça, por que perder tempo com a preocupação ecológica? Esta é uma dúvida comum.

No Novo Testamento, a visão apocalíptica da criação pressupõe não apenas o seu julgamento (2Pe 3.1-12), mas também e ultimamente a sua renovação (2Pe 3.13; Ap 21). Como o ser humano (suas obras, seu corpo) passará por julgamento e “fogo” (1Co 3.12-15), também a criação passará pelo fogo do julgamento. Porém, da mesma forma que ainda haverá alguma continuidade entre os nossos corpos atuais e os corpos ressuscitados (1Co 15.35-58), assim também será com toda a criação, da qual fazemos parte. Ou seja, como Deus prometeu depois do dilúvio, nunca mais ele realizará tal destruição (Gn 9.15)! O propósito de Deus é criar novo céu e nova terra, ou melhor, recriar este céu e esta terra, da mesma forma que recria os seguidores de Cristo em nova humanidade, ou melhor, recria nossas mesmas pessoas em pessoas renovadas.

Em Cristo somos “nova criação” (literalmente a expressão usada em 2Co 5.17, e não “novas criaturas”; veja também Gl 6.15), isto é, pessoas recriadas e renovadas, porém com os mesmos corpos. Novo homem não é outro homem material. E o mesmo se aplica a toda a criação. Haverá um final feliz, do qual somos convidados a participar. Porém, precisamos fazer a nossa parte, muito importante, para a renovação da criação. Este não é papel de Deus? Sem dúvida! Mas, assim como ele nos chama para evangelizar e é ele quem salva, também nos chama para renovar a criação, ainda que o autor do novo céu e nova terra seja ele.

Perguntas para discussão

1. Vale a pena trabalhar por um mundo (físico) melhor? Por quê?

2. De que maneira a nossa visão do futuro (do mundo) influencia a nossa motivação de ação hoje?

3. Qual é o nosso papel no surgimento de “novos” céus e “nova” terra?

4. O que você e sua igreja local têm feito de concreto nesse sentido?

Ação

Reúna a sua família, ou os seus amigos, para discutir o assunto. Como vocês podem contribuir para o bem-estar da criação? E a sua igreja local? Seja específico!

Aprofundamento

Sobre os desafios hoje e o que podemos fazer, veja:
BORGES DE BRITO, Paulo Roberto, MAZZONI-VIVEIROS, Solange Cristina. Org. Missão Integral: Ecologia & Sociedade. São Paulo: W4Editora, 2006.
SCHAEFFER, Francis. Poluição e a morte do homem. São Paulo: Cultura Cristã, 2003. p. 79-85.
Discovery Brasil
Ecoterra Brasil
Envolverde
Céus e terra

Leia Mais:

Jesus e a Terra – a ética ambiental nos evangelhos; James Jones. Editora Ultimato.
Assim na Terra como no Céu – experiências socioambientais na
igreja local
; Gínia César Bontempo. Editora Ultimato.
Surpreendido pela Esperança; N. T. Wright. Editora Ultimato.
Os Cristãos e os Desafios Contemporâneos; John Stott. Editora Ultimato.
A Rocha; Peter Harris. ABU Editora.

SUGESTÕES PARA PROFESSORES DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Despertando o interesse

1. Distribua para os alunos revistas velhas e peça que eles recortem figuras que exemplifiquem o descaso e maltrato da criação, bem como sua beleza e encantamento. Lembre-se de enfatizar que o ser humano é parte da criação.

2. Divida a turma em dois grupos e peça que cada grupo faça um painel: que retrate o descaso com a criação ou a sua beleza. Leve também alguns objetos que podem ser utilizados na confecção dos painéis, como folhas e flores secas, lascas de madeira (pedaços de canela), sementes, terra de vários tons, papéis de bala amassados, pequenas embalagens, pilha ou bateria velhas, algodão com odor desagradável (exemplo: deixe o algodão próximo a um cano de descarga de carro) etc.

Refletindo juntos

A partir dos painéis confeccionados, faça uma recapitulação com os alunos enfocando a criação em Gênesis 1, o objetivo de Deus ter feito todas as coisas, a entrada do pecado no mundo e a redenção em Jesus.

Porque somos salvos por Jesus (nova criação) e participantes da sua família, iremos morar eternamente com ele, no novo céu e nova terra (2Pe 3.13; Ap 21.1).

Assim como Deus nos salvou e irá transformar o nosso corpo para vivermos essa nova vida com ele na eternidade, também mudará toda a sua criação, e será algo incrivelmente lindo e perfeito.

É normal a curiosidade das crianças quanto ao tipo de corpo que receberemos; então mencione o corpo de Jesus após a sua ressurreição (entrou em lugares trancados, lanchou com seus discípulos…).

Um passo a mais

1. Então ficarei aqui parado, só esperando esse novo céu e nova terra? De jeito nenhum! Vou fazer a minha parte e levar outros a agirem também. De que forma?

Atividade em família

Esse caderno de quatro lições terminou, mas a tarefa de cuidar do “jardim” continua. Para um melhor aproveitamento e apreensão do conteúdo, envolva a família no processo.

1. Que tal uma reunião agradável com os pais para os filhos contarem o que aprenderam (em forma de entrevista, dramatização, cartazes utilizados, paródias…) e depois conversarem sobre idéias para mudança de atitudes? Veja o material disponível em http:// www.akatu.net/consumo_consciente/dicas
O consumismo dos filhos é um tema interessante para ser abordado com os pais: http://www.akatu.net/central/especiais/2007/2osemestre/criancas-e-consumo-uma-relacao-delicada

2. E uma sessão de cinema com direito a pipoca e refrigerante (sem copos descartáveis!)? Se não for possível abrir mão do copo descartável, use caneta de retroprojetor para que cada um coloque o seu nome no copo e, assim, cada pessoa só usará um copo!
Para os ‘pequeninos’: Turma da Arca (episódios: O misterioso professor pardal; Passeio na floresta) http://www.lpc.org.br/arca2006/episodios.html
Para os ‘maiores menores’: A Era do Gelo II .
Para os ‘maiores’: Uma Verdade Inconveniente.

 

Autor: Timóteo Carriker
Estudos publicados originalmente pela revista Ultimato, no Caderno Educação Ambiental e Mobilização Social nas Igrejas Evangélicas Brasileiras, produzido pela A Rocha Brasil, em parceria com a Editora Ultimato.
Adaptação para professores de crianças e adolescentes: Márcia Barbutti
Para mais informações acesse A Rocha Brasil

Print Friendly, PDF & Email

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário