Arquivo | Maio, 2016

A fé e o bem-estar das crianças – uma relação de causa e efeito

No meio da multidão Jesus enxerga uma criança oprimida, queimada, atormentada. Os olhos de Jesus não priori­zam as massas e sim o pequenino, subjugado pelo mal. E ao invés de ver a multidão como benção, ele a denuncia como incrédula e corrupta. Será que Jesus se identifica com o menino que como criança carrega as marcas e o sofrimento decorrentes de uma sociedade corrupta? A mesma socie­dade que logo mais crucificará um homem inocente ao mesmo tempo em que libertará um criminoso?

Continue lendo

Um reino sem muros

Ao ser interrogado pelos fariseus, Jesus disse que a vinda do Reino de Deus não seria “observável”, mas que ele era uma realidade já atuante entre os homens (Lc 17. 20-21). Por causa da nossa dificuldade de compreensão acerca desta “realidade não observável”, Jesus normalmente tentava explicá-la por meio de parábolas e comparações com realidades conhecidas do dia a dia dos seus ouvintes. Será que às vezes confundimos o Reino de Deus com o “reino nosso”?

Continue lendo

O poder da fraqueza

O apóstolo Paulo descreve a essência de seu ministério lembrando que ele não foi enviado por Cristo para ser um “guru”, mas para anunciar o Evangelho, sem recorrer à “sabedoria humana”. Por que Paulo faz esta ressalva? Que tipo de “sabedoria” os coríntios, inclusive os cristãos, costumavam valorizar? Hoje, a mensagem da cruz continua sendo um “escândalo” e uma “loucura” para muitas pessoas em nossa sociedade pluralista, individualista e meritocrata. Como enfrentar a tensão entre fidelidade e popularidade?

Continue lendo

Livrai-me de mim mesmo, Senhor!

Como alguém pode evitar o mal? Ou, num sentido mais religioso, como alguém pode se tornar puro diante de Deus? Essas questões trazem consigo alguns desdobramentos: qual é a fonte do mal, da impureza? Esta fonte é interna ou externa? Os fariseus achavam que a pureza era uma questão de ritual exterior. Que tradições religiosas tem influenciado sua vida? Você considera esta influência boa ou ruim?

Continue lendo

Um Deus que gosta de festas

Como lidamos com o perdão? O perdão também é uma fonte de irritação quando os outros são perdoados? Temos uma compreensão legalista sobre o perdão de Deus? O nosso relacionamento com Deus está alicerçado no que fazemos ou em méritos pessoais? A parábola contada por Jesus em nosso texto básico nos ajuda a ter uma noção mais correta acerca do amor de Deus.

Continue lendo