Por Davi Steuernagel

Os cânticos preparam a alma e o coração para receber Jesus e abrem a nossa mente para que possamos verdadeiramente ver a alegria e a glória do Natal.

Meus pais nunca contaram para mim e meus irmãos que o Papai Noel era algo real. Eu acho que eles fizeram a escolha certa porque Natal não é um velhinho de dois mil anos de idade andando por aí usando um casaco peludo e vermelho dando presentes para crianças boazinhas. Natal é celebrar o nascimento de Jesus, o Salvador. Por esse motivo, a melhor e mais importante tradição dessa época é cantar cânticos natalinos, porque isso nos ajuda a perceber a verdadeira razão do Natal. Cantar hinos entra profundamente no coração para que nós sempre nos lembremos de Jesus e nos prepara para a celebração da vinda de Jesus.

Muitos pais contam para seus filhos que o Papai Noel existe e as crianças acabam não entendendo a verdadeira razão da festa. Sim, presentes são legais e todo mundo gosta deles, mas você sabia que essa tradição celebrada em todo o mundo por todo tipo de gente, na verdade vem do fato de que os três reis magos deram presentes, incenso, ouro e mirra, para Jesus quando ele era bebê? A razão verdadeira do Natal é celebrar o nascimento de Jesus e as pessoas às vezes esquecem disso. Os cânticos natalinos nos lembram de que Natal não é só presentes, é celebrar Jesus. Se não fosse por esses cânticos, muitas pessoas que são cristãs agora, talvez nem conhecessem Jesus.

O meu pai é músico e toca violão muito bem. Música é uma coisa que é muito importante na nossa família e é algo que todos nós apreciamos. Por essa razão, nós amamos sentar juntos na sala nos domingos de Advento e cantar hinos, como “Ó vem, Ó vem, Emanuel” ou “Noite Feliz”. Esses cânticos me lembram, e eu acho que outras pessoas da minha família também, da beleza do Natal e de que a música é uma coisa muito profunda e constante. A música não vai embora. Ela não é como um evento que acontece um dia e quando você vai dormir de noite já acabou. É como uma cicatriz que nunca vai embora. E à medida que você cresce, ela cresce junto. Também é um tipo de cicatriz diferente. A maioria das cicatrizes te lembram da dor de uma ferida, mas essa cicatriz te lembra da alegria da música. E da mesma maneira que cicatrizes nunca vão embora, a música fica no teu coração e te lembra de Jesus para que você nunca se esqueça de que você foi perdoado.

Cânticos de Natal são uma grande parte do Advento, o período em que nos preparamos para a celebração do nascimento de Jesus. Os cânticos preparam a alma e o coração para receber Jesus e abrem a nossa mente para que possamos verdadeiramente ver a alegria e a glória do Natal. O Natal não é algo que de repente está aqui. Existe um ritual que nos prepara para ele. Os hinos fazem a sua alma sentir o quanto Jesus é especial e que celebramos a sua vinda por uma razão. Louvamos a ele por uma razão. Nos preparamos para recebê-lo por uma razão. Como João Batista preparou o caminho para Jesus na Bíblia, nós preparamos os nossos corações para a vinda de Jesus durante o Advento.

Cantar cânticos cristãos natalinos é a melhor tradição do Natal porque nos ajuda a enxergar a verdadeira razão do Natal. Cantar hinos é algo que entra profundamente e cria raízes no coração, nos fazendo sempre lembrar de Jesus e nos preparar para a celebração de seu nascimento. Sem esses cânticos, para nos lembrar do nascimento dele, muitas pessoas talvez até poderiam esquecer-se de Jesus, o maior presente de Natal de todos.

 

  • Davi Steuernagel, 11 anos, nascido em Curitiba, PR, e hoje morando em Dallas, TX.

 

Leia mais:

Noite de paz

No presépio de Belém

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *