*Conteúdo oferecido como “Mais na Internet” na edição 380 da revista Ultimato (nov/dez 2019).

Estamos cansados de esperar, cansados de correr, cansados do trabalho ou de procurar por ele, da igreja, da solidão, do casamento, de nós mesmos. Estamos exaustos.

É esse o tema de capa da edição 380 da revista Ultimato (novembro-dezembro).

Em um dos capítulos do livro Desafios da Liderança Cristã, John Stott pergunta: “Em meio a todas as pressões que sofremos, como podemos não somente vencer o desânimo, mas também manter o frescor espiritual?”. 

Não temos a resposta exata, pois descansar é mais do que seguir um manual de instruções, não se trata de uma fórmula com efeito da noite para o dia. Todavia, assim como Stott, estamos convencidos de que o descanso exige algo de nós. E mais, que a disciplina do descanso, é crucial. 

Damos graças a Deus, porque podemos contar com as promessas de cuidado e de renovação de forças e com os expedientes que o Senhor criou para vivermos uma vida plena. Podemos começar resgatando e ampliando o significado do mandamento do repouso sabático: “Nestes dias difíceis, formemos o hábito de dar ‘domingos’ à nossa mente; momentos nos quais ela não faça trabalho algum, mas simplesmente esteja quieta, olhe para cima e se estenda diante do Senhor como o velo de Gideão – para ficar embebida do orvalho do Céu” (Mananciais no Deserto).

Então, mãos à obra, ou melhor, ao descanso!

Para que descansar? | Esly Regina

É incrível que se faça esta pergunta! Talvez isso ocorra porque nossos líderes aprenderam que, no ministério, o símbolo da total abnegação é matar-se de tanto trabalhar. Quanto mais trabalham, mais “santos” se consideram.

Paradas obrigatórias | Elben César

Nós precisamos de muitas paradas na caminhada rumo à Canaã celestial. Paradas para descansar um pouco da última etapa. O cansaço enerva e provoca desânimo. O próprio Jesus fez questão de sugerir a seus discípulos um período de repouso (Mc 6.31).

Descanso para sentir, silêncio para ouvir | Gladir Cabral

O descanso torna-se mais significativo quando acompanhado de silêncio e arte. No silêncio, na pausa, podemos contemplar a beleza da criação e saborear o mistério da vida. É preciso parar para pensar. É preciso parar para sentir.

Descanso em perspectiva bíblica | Vilson Scholz

Descanso é mais do que parar de trabalhar; é participar do descanso de Deus, é ter tempo para contemplar as obras de Deus, incluindo a obra da salvação. Descansar de verdade é receber o descanso que Jesus oferece (Mt 11.28-29).

A devoção do descanso | Caroline Powell

Que tal entendermos que Deus não meramente descansou depois de criar, mas sim que ele descansou na criação? Ele descansou na bondade, na criação do trabalho. Descansou na beleza, na fato de ter concluído a obra.

Vocação: descansar | Timóteo Carriker

O apelo para entrar no descanso de Deus é um convite para entregar todas as nossas ansiedades, todas as nossas preocupações e toda a nossa autossuficiência a Jesus. “Vinde a mim todos os que estais cansados” (Mt 11.28).

Doze motivos para descansar | Délnia Bastos

Como a prática de separar um dia na semana nos santifica? Pela renovação da confiança em Deus, que tudo provê para nós. Guardar o sábado nos faz olhar novamente para “o Norte”, que é Deus, o provedor por excelência.

Para descansar é preciso ter fé | Marcos Bontempo

A leitura apressada de Gênesis 3.14-19 contribui para o equívoco. Ali, o trabalho não é amaldiçoado, ao contrário do que muitos crentes também pensam. O que aparece no texto é um elemento novo: a dor, o suor, a dificuldade.

Você se sente culpado quando descansa? | Pablo Martinez

Deus nos fez seres humanos, e não fazedores humanos. Nossa identidade e valor diante de Deus são primordialmente de quem nós somos, e não do que fazemos. Este projeto divino inclui um equilíbrio entre trabalhar e descansar, dar e receber.

Desconectai-vos | Davi Chang

Um caminho para o verdadeiro descanso nesta geração hiper conectada é deliberadamente desconectarmos para reconhecermos que Deus é Deus: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus” (Salmo 46:10).

Onde a alma descansa | Sileda Steuernagel

O salmista descobriu o antídoto para a ansiedade prepotente que leva à morte da alma; e, junto com ele, o segredo para o verdadeiro descanso. Aquietar-se e descansar nos braços de Deus não é uma desistência irresponsável, mas sim uma escolha.

Férias de quê? Desplugar-se | Taís Machado

O corpo e a alma precisam de tempo, de repouso e um tanto de suavidade. Quantos de nós afirmaríamos que a vida encontra-se harmonizada? Por vezes precisamos nos afastar desse tempo onde as preocupações competem entre si.

Uma canção no deserto | Ronaldo Lidório

Quando em caminhadas solitárias e perseguidos pelos que antes eram mais chegados que irmãos, precisamos nos conscientizar desta verdade transformadora: precisamos mais de Deus em nossas vidas do que água no deserto.

Por que te assentas só? | Ariane Gomes

Embora bem-intencionada, a maneira de Moisés receber o povo para julgar as suas causas e a decisão por fazer o trabalho sozinho não é boa, e é Jetro, seu sogro, que o ajuda a entender que se continuasse a proceder assim ele e o povo desfaleceriam.

Estamos cansados! | Elben César

Até o extraordinário profeta Jeremias provou o cansaço: “Estou exausto de tanto gemer, e não encontro descanso” (Jr 45.3). Todavia, não se pode esquecer que Deus “fortalece o cansado e dá grande vigor ao que está sem forças” (Is 40.29).

Esgotamento | Esly Regina

Para muitos líderes, a expectativa de que é preciso dar mais do que receber faz com que eles carreguem um enorme sentimento de culpa quando desejam fazer ou ter algo para si mesmos ou para seus familiares.

 

  1. Pingback: Elben Cesar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *