Que a Reforma Protestante colocou o “mundo religioso” de cabeça para baixo todos sabem. Mas, talvez, não seja de tão amplo conhecimento algumas informações, como: os nomes e a contribuição dos que antecederam Lutero e Calvino, abrindo o caminho para as 95 teses; as mulheres que acompanharam os reformadores e contribuíram efetivamente para o movimento; a real abrangência e impacto da Reforma na ciência, educação, artes etc. A partir de artigos de colunistas da revista e colaboradores do Portal Ultimato, fizemos 25 perguntas que, talvez, sejam as dúvidas ou curiosidades de muitas pessoas. Confira!

 

1. Tiveram as mulheres alguma participação na Reforma Protestante?

Rute Salviano responde no artigo “Vozes femininas na Reforma”.

2. Como Lutero interpretou a Bíblia?

Erní Walter Seibert responde.

3. Como as indulgências contribuíram para a eclosão da Reforma?

Alderi Souza de Matos responde no artigo “As indulgências, a Reforma Protestante e o significado do evangelho”.

4. Quem foi Maria Dentiere e qual a contribuição dela para a Reforma?

Rute Salviano responde no artigo “A carta de um reformadora subversiva”.

5. Precisamos de uma reforma protestante?

Robinson Cavalcanti responde.

6. Protestantismo: o que deu errado?

Robinson Cavalcanti responde.

7. Universidades protestantes: quais os benefícios e os riscos?

Alderi Souza de Matos responde.

8. Há na teologia reformada um consenso entre livre-arbítrio e a predestinação?

Rubem Amorese responde no artigo “Perguntas da Reforma para calvinistas e arminianos”.

9. Onde entra a contribuição católica em “Sola Scriptura”?

Alderi Souza de Matos responde.

10. Sempre que o coração se distancia de seu apego a Cristo, ele fabrica uma multidão de deuses. Poderia a Reforma se transformar em um deles?

Luiz Fernando dos Santos responde no artigo “Reformalatria: 4 perigos a evitar para não idolatrar a Reforma Protestante”.

11. Quais movimentos e personagens antecedentes a Lutero contribuíram para a eclosão do movimento reformista?

Lyndon Araújo dos Santos responde no artigo “Heresias, hereges e radicais”.

12. Às mulheres que fizeram parte da Reforma Protestante na Itália, só restavam duas opções: a fuga ou a morte. Como elas participaram do movimento nesse cenário?

Rute Salviano responde no artigo “Vozes femininas da Reforma no berço do catolicismo”.

13. Comemorar a Reforma é importante, mas não é tudo. O que é necessário além de reconhecer e valorizar nossa história?

Carlos Caldas responde no artigo “498 anos de Reforma Protestante”.

14. A crise de Lutero não foi apenas pessoal e religiosa. Quais outras questões da época as 95 teses tentaram responder?

Lyndon Araújo dos Santos responde no artigo “Lutero e o seu mundo”.

15. O que as ênfases nas Escrituras, na fé, em Cristo, na graça e na glória de Deus ensinam para os cristãos do século 21?

As respostas você confere em “A Reforma Protestante em estudos bíblicos”.

16. Por que os postulados (os 5 solas) trazidos pela Reforma conectam a igreja primitiva ao modelo proposto pelos reformadores? E o que isso tem a ver conosco?

Christian Gillis responde no artigo “A Reforma Protestante em quatro doutrinas”.

17. Quais os efeitos da Reforma Protestante sobre a educação nas universidades?

Lyndon Araújo dos Santos responde no artigo “Igreja e universidade” (parte 2).

18. Heroísmo e valentia ou reconhecimento da fragilidade? Qual desses é o melhor sinal de uma fé autêntica?

Martin Weingaertner responde em “Fé fraca também é fé”.

19. Com a cultura pós-moderna e seu liberalismo revisionista, descrente de toda verdade, doutrina ou valores, há o que celebrar nesses 500 anos?

Robinson Cavalcanti responde no artigo “Protestantismo: o que restou da Reforma?”.

20. Quais eram as diferentes visões da Igreja para os reformadores?

Alderi Souza de Matos responde.

21. Se o pseudo-pentecostalismo não é pentecostalismo, nem, tampouco, evangelicalismo, também não é protestantismo. O que é, então?

Robinson Cavalcanti responde no artigo “Pseudo-pentecostais: nem evangélicos, nem protestantes”.

22. Quase cinco séculos depois, por que ainda há quem troque a liberdade descoberta e divulgada por Lutero por uma escravidão?

Carlos Caldas responde no artigo “495 anos de Reforma Protestante”.

23. Líderes que querem ser intermediários entre o crente e Deus, acesso a serviços de forma rápida e sem intermediários na sociedade… O que a Reforma tem a ver com isso?

Billy Lane responde no artigo “Sacerdotes, Uber e Reforma Protestante”.

24. O que o prumo de Deus disse aos reformadores e ainda nos diz?

Martin Weingaertner responde no artigo “A Reforma Protestante ainda nos ajuda hoje?”.

25. Se a Bíblia é clara quanto ao sacerdócio de todos os crentes, por que na prática muitas igrejas protestantes ainda reproduzem o clericalismo?

Ricardo Costa responde no artigo “A Reforma Protestante e o desafio do pastoreio mútuo na igreja”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *