semana 45: Lucas 11.9-13

Por isso eu digo: peçam e vocês receberão; procurem e vocês acharão; batam, e a porta será aberta para vocês. Porque todos aqueles que pedem recebem; aqueles que procuram acham; e a porta será aberta para quem bate. Por acaso algum de vocês será capaz de dar uma cobra ao seu filho, quando ele pede um peixe? Ou, se o filho pedir um ovo, vai lhe dar um escorpião? Vocês, mesmo sendo maus, sabem dar coisas boas aos seus filhos. Quanto mais o Pai, que está no céu, dará o Espírito Santo aos que lhe pedirem!

Para mostrar que Deus é honroso voluntariamente, e não porque ele é forçado a ser honroso para não passar vergonha, como era o caso do encarregado dos pães (da última devocional), Jesus conta a seguintes comparações. A conclusão já pode ser dita: peçam e receberão, procurem (conversem) e acharão (Deus conversará contigo), pois portas se abrem quando se batem nelas (vv. 9-10). E para remover o último resquício de dúvida, Jesus usa uma técnica comum, argumentando do menor para o maior (vv.11-13), dizendo que a bondade do Pai é muito maior do que até o melhor dos pais humanos.

São os três alimentos básicos dos judeus antigos: pão, peixe e ovo. Uma pedra redonda se confunde facilmente com um pão. Uma serpente barbut[1] se confunde com o peixe e um escorpião enrolado se confunde com o ovo. Deus não nos dá coisas confusas. Ele nos dá coisas boas.

Oração

Bondoso Pai. Somos agradecidos que nos cuida tão bem, dando nos sempre o melhor para nós mesmos. Em nome de Jesus. Amém.

[1] “serpente” = barbut (clarias macamcracanthus) parece um serpente, mais é um peixe que rasteja pelo chão e é considerado impuro e não comestível pelos judeus