Agora eu pergunto: quando os judeus tropeçaram, será que eles caíram para nunca mais se levantarem? É claro que não! (NTLH)

Reflexão

A afirmação acima vem no meio dum discurso sobre a rejeição geral pelos judeus do evangelho. “Geral” porque as exceições são notórias. Paulo é exemplo de judeu que não rejeitou o evangelho. Basicamente o que Paulo está dizendo, ao longo dos capítulos 9 a 11, é o mesmo que alguns outros judeus diziam naquela época, isto é, que são os judeus “autênticos” que são o verdadeiro povo de Deus. Não é questão de mera descendência. A novidade de Paulo é que ele vincula tal autenticidade à fé em Jesus, a maior evidência da graça de Deus. Este é o teor destes três capítulos.

E, como observamos, no meio disto, vem a afirmação acima, que se baseia na característica essencial da justiça de Deus. A sua justiça é misericordiosa. Até mesmo quando se rejeita Deus, isto não é suficiente para dispensar absolutamente a sua misericórdia e o seu perdão. Isto não é confortante? Afinal, você já pisou na bola com Deus? Efetivamente pelas suas ações, alguma vez negou ou rejeitou o Criador? Já caiu feio? Não? Pense mais e de modo mais humilde. Sim? Não é bom saber que Deus não quer que caiamos para nunca mais levantar?

Isto não só é bom para gente… e é muito bom… mas nos ajuda a enxergar um pouquinho melhor a tarefa divina de perdoar os outros e assim refletirmos a imagem de Cristo em nós. “E perdoa-nos as nossas transgressões assim como nós perdoamos os nossos transgressores”.

Oração

Pai, guarda-nos de cair. E quando caimos, convença nos da nossa trangressão para que tenhamos a contrição e o arrependimento. E buscamos a Tua face, levanta-nos para andarmos novamente na Tua presença. Em nome de Jesus. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>