Agostinho meditava no jardim da sua casa. Ele estava muito angustiado. Sua vida até ali tinha sido uma busca tola por paixões intensas e prazeres mundanos. E ele já estava com 32 anos de idade.  Tinha conhecido muita gente, e tinha feito muita gente sofrer. Tentou ser feliz por si mesmo, procurando filosofias e idéias novas. Mas o vazio no seu coração era enorme. Não conseguia controlar seus próprios desejos.

Lágrimas brotaram dos seus olhos. Ele se jogou na grama, debaixo de uma figueira e clamou a Deus:

— Ó, Senhor, até quando? Por quanto tempo terei que esperar por uma libertação? Amanhã e amanhã? Por que não por um fim a essa vergonha de uma vez?

Então ele ouviu a voz de uma criança:

— Toma e lê! Toma e lê!

Ele olhou ao redor mas não viu ninguém:

— Toma e lê! Toma e lê!

Quando olhou para o lado, Agostinho viu um livro. Era uma parte da Bíblia Sagrada. Ele folheou as páginas rapidamente, e seus olhos cairam na passsagem de Romanos 13.13-14:

“Vivamos decentemente, como pessoas que vivem na luz do dia. Nada de orgias ou bebedeiras, nem imoralidades ou indecência, nem briga ou ciúmes. Mas peguem as armas do Senhor Jesus Cristo e não pensem em satisfazer os desejos pecaminosos da natureza humana.”

Saint_Augustine_36Uma mudança profunda aconteceu em seu coração. A angústia cedeu lugar à paz. Pela primeira vez, uma alegria nova e calma encheu seu coração:

— Para mim é bom apegar-me a Deus, porque, se não permaneço nele, tampouco poderei permanecer em mim.

Depois de uma longa busca pela verdade, Agostinho tinha finalmente se encontrado. Após uma vida de farras, bebedeiras, sensualidade, e muitas vaidades, ele finalmente entregou seu coração vazio a Jesus.Em grande parte, este momento foi o resultado das muitas orações e do cuidado carinhoso de sua mãe Mônica.

Quase um ano depois, Agostinho foi batizado. As pessoas que o conhecia logo o incentivaram a ser um sacerdote. Agostinho não queria esse compromisso, mas não teve jeito. Logo se tornou bispo da cidade de Hipona, e um grande pensador, escritor e pregador do Evangelho, levando uma vida de santidade e serviço humilde ao Senhor. Ele até fundou um mosteiro, para que as pessoas pudessem se dedicar à oração.

st-augustine-botticelli41Para ele, uma pessoa que quer andar com Deus deve aprender a conviver com as outras pessoas e a controlar sua língua. Por isso, na porta do seu quarto havia um aviso que dizia:

“Aqui não falamos mal de ninguém!”

Dizem que certa vez seus amigos resolveram pregar-lhe uma peça, uma pegadinha. Eles saíram gritando pelo corredor da casa onde moravam:

— Agostinho, tem uma vaca voando lá fora! Vem ver! Corre!

Agostinho saiu correndo como louco e foi até a janela:

— Onde está, deixa eu ver!

Mas ele não viu vaca nenhuma.

Seus amigos logo começaram a rir e caçoar dele:

— Ô, Agostinho! Então você acreditou que havia mesmo uma vaca voando no céu?

Mas, com um olhar calmo e sério, ele respondeu:

— Prefiro acreditar que uma vaca esteja voando no céu do que pensar que um irmão esteja mentindo.

st-augustine-Sandro_Botticelli_050

Através de seu dom de escrever, de sua inteligência incomparável e de seu amor por Jesus, Agostinho defendeu o cristianismo contra as críticas que os pagãos faziam. Muitos diziam que Jesus era uma farsa e que o Evangelho trazia a ruína para as cidades. Ele combateu as idéias erradas sobre Jesus, sobre Deus, e sobre o Evangelho.

Ele só lamentava de uma coisa; era de ter conhecido a Jesus tão tarde. Como ele mesmo disse:

— Tarde demais te amei, Senhor!

Mas não era tão tarde assim. Agostinho serviu a Jesus por mais 40 anos, com muita sabedoria, humildade e santidade.

st-augustine

Para Agostinho, mais importante do que saber um monte de teorias e ter um um grande conhecimento era conhecer a Deus pessoalmente e poder relacionar-se com Ele em amor e fé. O que vale é conhecer o Deus vivo, aquele que está conosco no dia a dia, que ouve nossas orações, que nos ajuda em nossos momentos de fraquezas. Ele orava ao Senhor:

— Toda minha esperança está somente na grandeza da tua misericórdia, Senhor. Dá o que mandas, e manda o que quiseres!

Agostinho sabia o quanto a gente precisa de Deus, do Seu amor, e da sua presença constante e confortadora. Ele dizia que dentro de cada coração humano há um vazio na forma de Deus:

— Tu nos fizeste para ti, e nosso coração está inquieto enquanto não encontrar descanso senão em ti.

Agostinho era homem muito humilde. Certa vez ele foi duramente criticado por São Jerônimo, e tudo por causa de uma carta que foi extraviada.

Em resposta, Agostinho escreveu uma carta cheia de espírito de conciliação:

— Por favor, eu te suplico, quando perceberes que eu estou precisando de uma advertência, corrige-me com confiança, pois o ofício de um bispo pode ser maior do que o de um padre, mas Agostinho é inferior a Jerônimo em muitas coisas.

saint-augustineAgostinho viveu até os 76 anos, e então partiu deste mundo, descansando nos braços do pai.

.

..

.

.

.

..


.

É demais, é demais! Lá vem o Agostinho

E olha só a cara que ele faz!

É demais, é demais!

Do jeito que viaja na parada ele não pára mais.

.

Se eu disser que vi um elefante branco

Ou um touro que voava sozinho e de tamanco,

Ele é capaz de acreditar.

Se alguém disser que viu a sombra da verdade

Brincando de esconde esconde na cidade,

Ele sai correndo a procurar.

.

Pois é, mas a verdade vem do Velho Livro,

Bate à sua porta e dá o seu sorriso

Como quem visita um coração.

Às vezes a mentira é linda como a fada,

Clara como a clara lâmina da espada,

Mas não tem a força do perdão.

.

Eu sei que não sou feito só de pensamento.

Dentro do meu peito tem um sentimento

E ele diz que a vida vale mais.

A sede que eu sinto, a fome que me aperta

É conhecer a Deus e ter a mente aberta

A tudo o que Ele quer e o que Ele faz.

.

Pode ser demais, mas tudo é muito pouco

Pra quem sonha sempre e sempre mais.

Sei que é bom demais o Deus que nos preenche

O coração e a mente e traz a paz.

.

[É demais, Jesus é que é demais

Eu sou quase nada, vou seguindo atrás.

É demais, Jesus é que é demais.

Eu só tô de olho no que Ele faz]

é demais

  1. E DEMAIS, E DEMAIS!!!
    A harmonia da musica
    A dedicacao a um grande homem
    E a obra de suas maos
    Que atraves da poesia
    e da musica,retrata em versos
    singelos um pouco de ti.

    PARABENS!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>