Despedida e Retorno: três viúvas, separação e união

Despedida e Retorno: três viúvas, separação e união

Texto básico: Rute 1.6-18

Textos de apoio: Jó 1.13-20; 2.8-10

Leitura da Semana:
Dom – Salmos 73
Seg – 2 Coríntios 11.16-33
Ter – Hebreus 11.35 – 12.3
Qua – Filipenses 4.10-20
Qui – Mateus 6.25-34
Sex – Isaías 1.10-17
Sab – Tiago 1.26, 27

Introdução

Estes versículos são marcados pelo retorno de Noemi à sua terra. Ela recebe notícias de que havia mantimento na “casa do pão”, em Belém. A notícia lhe traz esperança e ela decide voltar para lá. Ainda que não resolvesse sua situação de viúva e de mãe sem os filhos, a perspectiva da produção da terra é o suficiente para levá-la de volta.

Assim como a fome vem inesperadamente e sem que pudesse evitar, agora a colheita vem também inesperadamente. O versículo 6 diz que o Senhor visitou o seu povo dando-lhe alimento/pão. A situação começa mudar pela misericórdia do Senhor.

Para entender o que a Bíblia fala

  1. Anote quantas vezes ocorrem os verbos relacionados a ir, voltar, retornar, tornar. Qual é a relação disso com o que se sucede?
  2. Como o Senhor é caracterizado nesses versículos? Quais são alguns verbos do qual ele é sujeito, em outras palavras, o que o Senhor faz e como ele é descrito?
  3. Há algum conflito em como o Senhor é retratado nos v. 8,9 e o v. 13?
  4. Repare o contraste entre a reação de Rute e a de Orfa diante da insistência de Noemi que elas voltassem para a casa de sua mãe (v. 14-18). Observe o significado do nome das noras. Qual a relação do significado com a atitude?
  5. Liste as ações de Rute nos v. 14-18. O que isso nos diz sobre o seu caráter e o seu exemplo?
  6. Compare o v. 13 em diferentes versões bíblicas, particularmente a expressão “por vossa causa” (RA), “pois vocês também estão sofrendo” (NTLH). O que podemos entender da explicação de Noemi sobre a razão do seu sofrimento?

Hora de avançar

As coisas começam a mudar a partir do momento que Deus visita o seu povo e Noemi resolve voltar para a terra de Belém. A boa notícia de que Deus fez a terra produzir traz esperança e abre as portas para novas oportunidades.

Esses versículos retratam uma compreensão muito peculiar dos antigos hebreus. Eles entendiam que tudo que ocorre vem da parte de Deus, tanto as coisas boas quanto as ruins. Por isso, Noemi fala tanto da benevolência de Deus quanto do fato de Deus ter amargado sua vida.

A história mais uma vez mostra como há muitas coisas das quais não temos nenhum controle. Causas naturais e acontecimentos sobrenaturais não estão sob nosso controle. Por outro lado, vemos que apesar das circunstâncias, há ações e atitudes em relação ao nosso próximo que estão sob nosso controle. Como reagimos e o que fazemos diante dos problemas é nossa responsabilidade.

Para terminar

  1. As pessoas têm reações diversas ao sofrimento dos outros. Alguns se distanciam dos problemas, outros se solidarizam. Será que podemos ver nas atitudes de Orfa e Rute não só reações que elas tiveram, mas reações típicas das pessoas ao sofrimento alheio?
  2. O que a atitude de Rute pode nos ensinar sobre como reagir diante do sofrimento de nosso próximo?
  3. Que boa notícia da parte de Deus temos ouvido que nos dá esperança e nos faz ‘voltar’ ou seguir adiante para um novo começo?

>> Autor do Estudo: Willian Lane

>>  Publicado originalmente pela Rede Evangélica Nacional de Ação Social

Print Friendly, PDF & Email

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário