Gabriele Greggersen é graduada em Pedagogia, mestre e doutora em História e Filosofia da Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, sob orientação do Dr. Luiz Jean Lauand. Concluiu seu pós-doutoramento na área de História das Mentalidades junto ao Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo em 2003, com pesquisa dedicada ao imaginário em Dom Quixote das Crianças, de Monteiro Lobato.

Na Faculdade Teológica Sul Americana (FTSA) em Londrina/PR, ela criou e coordenou um curso de teologia a distância. Também tirou o seu bacharel em teologia naquela instituição.

Além de ter sido docente, coordenadora e pesquisadora da Universidade Presbiteriana Mackenzie, além de diretora Acadêmica do Seminário Servo de Cristo em São Paulo, ela é autora de Antropologia Filosófica de C.S. Lewis (Editora Mackenzie), sua tese, que recebeu uma versão simplificada em A Pedagogia Cristã na Obra de C.S. Lewis (Editora Vida). É autora ainda de O Senhor dos Anéis: da imaginação à ética (Editora Ultimato), de A Magia das Crônicas de Nárnia I (GW Editora) e de diversos artigos, traduções – como de Deus em Questão (Ed. Ultimato), que vem tendo grande impacto, entre outros livros e artigos – tematizando as relações entre a literatura, a imaginação, o sagrado e a educação. Também organizou a coletânea O Evangelho de Nárnia (Editora Vida Nova) e viajou o Brasil todo palestrando e dando várias dezenas de cursos sobre a importância do imaginário, principalmente da literatura, na educação.

Escreveu ainda livros de contos imaginativos, como No Guarda-Roupa Mágico: contos inspirados em Nárnia (Editora Descoberta) entre outros livros de contos. Ela também os oferece cursos totalmente online pelo seu site que também traz os temas sobre os quais ela já conferiu palestras e muitos artigos relacionados.

Desde cedo, interessou-se pela imaginação e o lúdico como “pontes significativas” para a compreensão e aprendizado de assuntos complexos como a ética, a metafísica e a teologia. Não se inspirou somente no filósofo e teólogo britânico C.S. Lewis, que deu base a todo o seu percurso intelectual e espiritual, mas também em autores que muito o influenciaram como Gilbert Keith Chesterton; George MacDonald; Rudolf Otto, seu amigo e também autor de ficção, J.R.R. Tolkien. Ela também traduziu e se afeiçoou ao filósofo e teólogo alemão Josef Pieper, falecido em 1997, que traduziu O Problema do Sofrimento para o alemão e é membro honorário da Inklingsgesellschaft, dedicada ao clube de amigos de Lewis e Tolkien.

Gabriele foi membro benemérito do Instituto Malba Tahan, com sede em Queluz (SP) e ganhadora do Prêmio de Ouro em “Incentivo à leitura, literatura além fronteiras”, da Câmara Municipal de São Paulo em parceria com a Ong Literatura para Crianças.

Atualmente é pesquisadora de produtividade em nível pós-doutoral do Instituto Nacional de Pesquisas em Catálise da Universidade Federal de Santa Catarina (http://www.inct-catalise.ufsc.br), onde atua como coordenadora de comunicação e divulgação científica.

Acesse a Wikipedia para saber mais sobre a Gabriele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>