1. Apesar do conteúdo extenso, todo esse texto nos leva a uma profunda reflexão sobre nossa vida passada, presente e um futuro que não sabemos ao certo o que será e para evitar grandes dores e sofrimentos, acabr renunciando tudo e olhar para CRISTO.

  2. Esse livros citados foram de grande consolo para mim, principalmente a Anatomia de uma Dor, quando perdi minha mãe. Sou muito grato a Deus por ter trazido a existência homens do quilate de C S Lewis.
    C S Lewis compreendeu como poucos que nossa verdadeira alegria está em Cristo e não nas coisas fugazes deste mundo.

  3. Olá, Gabriele!
    Ouvi a primeira vez o nome de C.S Lewis numa das pregações do Pr. Ed Rene Kivitz (IBAB-SP). Realmente ele trata sem máscaras a verdade contida, infelizmente, na igreja contemporânea no Brasil. Como você costuma escrever a obra de Lewis é realmente muito atual. Parabéns pelo site. Pude conhecê-lo mais um pouco. Não sei se estou viajando, mas em alguns trechos citados pude enxergar outro autor (José Saramago).

    Abraço,

    Daniel de Barros

    • Oi Daniel,
      Que bom que gostaste do site. Se vc é da igreja do René, mande um abraço meu para ele. Ele tb é um grande fã de Lewis.
      Qto a sua intertextualidade com José Saramago, claro que pode e deve fazer, isso é sinal da qualidade de um autor, qdo ele permite várias intertextualidades e diálogos. Mas fiquei curiosa com a relação que vc fez. Daria para nos revelar?

  4. Me tornei fã de C.S Lewis e suas obras através dos filmes as crônicas de nárnia, (uma verdadeira parábola), depois passei a ler seus livros.
    Um homem que brigou com seu intelecto para acreditar em Deus, mas se rendeu a sua simplicidade e amor. Aquilo que tentou impedi-lo de crer, hoje é usado para fazer com que outros que como ele, intelectuais, sentem grande dificuldade em aceitar a loucara da fé.

    • Oi Edu,

      Obrigada pelo comentário e que bom saber que gostas de Lewis. Sim, não se tem muito a dimensão de quantas almas Deus cativou através dos livros dele, mas tenho certeza que são muito mais do que podemos imaginar e um dia, nos espantaremos no céu, num gigantesco encontro de Narnianos, rsrs.

      Abs

      Gabi

    • Oi Thamires,

      Que bom saber que gostas! Poderia, talvez, nos contar, qual é seu predileto? (sei o qto é difícil essa pergunta, mas tb não é pecado gostar mais de, por exemplo, Cristianismo Puro e Simples, do que As Crônicas de Nárnia).

      Abs

      Gabi

  5. Muito bom o texto sobre o sofrimento e a dor, vou procurar conhecer melhor a obra de Lewis a tal respeito. Quanto a mim, que não sou muito versado em religiosidades, procuro na filosofia e também na poesia o possível consolo pra os des-consolos da vida. Parece-me que o obra de Lewis é carregada de forte carga poética, e isso já é, a meu ver, uma benção, uma benesse!

    • Olá Júlio,

      Que bom que gostaste. Para sua área, recomendo também “A Questão de Deus” de Armand Nicholi (editora Ultimato), que compara C.S. Lewis e Freud no que diz respeito às grandes questões da vida, e que eu tive o privilégio de traduzir. Mas penso que, se quiseres conhecer o pensamento de Lewis primeiro, O Problema do Sofrimento seria recomendável para te inteirares. Anatomia de uma Dor, é um livro mais denso, que exige um pouco de conhecimento do autor.

      Abs

      Gabriele

  6. Olá Gabriele,

    Como este texto baseado nas obras de C.S Lewis, (Anatomia de uma dor, Cristianismo Puro e Simples e o Problema do Sofrimento) me ajudaram…
    tenho enfrentado dias dificíes, pois ao enxergar todas as contradições dentro da instituição, acabei me frustrando muito e buscando viver um cristianismo clássico mediante as Escrituras, que infelizmente hoje dentro dos templos modernos não tem sido aplicado ou vivido. Por tomar essa decisão muitas coisas me foram tiradas,(amigos, noiva, supostos ofícios eclésiasticos etc…) por não compreenderem a dimensão que Cristo me fez enxergar.
    Textos como os de C.S Lewis nos ajudam a ver que no meio de toda dor e sofrimento a perfeita vontade e bondade do Senhor reina e é combustivel para alcançarmos maturidade e estrutura para resistirmos até o grande dia que tanto nós Cristãos anseamos.
    abraços
    Wulises Paixão

    • Olá Wulises,

      De fato, há muita hipocrisia em muitas igrejas de hoje, que mal mencionam o nome de Cristo ou estudam a Palavra. Querem show, prosperidade e tirar proveito, só. Isso, sem dúvida é um motivo para sofrimento cada vez maior dos cristãos que buscam um Cristianismo Puro e Simples. Nesse sentido, Lewis nos faz (pelo menos a mim) sentir menos sós com a dor e Deus faz revertê-la em crescimento na fé. Que Deus continue te abençoando nesse sentido, irmão.

      Grande abraço

  7. Oi Jéssica,

    Que bom que tenhas gostado. É precisamente para ajudar as pessoas a entenderem melhor esse livro que eu escrevi o texto. Então: objetivo (ou será missão?) alcançado, para a glória do Pai.

    Grande abraço

  8. Olá, Gabriele

    Eu diria ‘missão’, pois pensar o sofrimento a partir da bondade do Senhor da História é edificante. Aliás, seu blog me motivou a ler ‘As crônicas de Nárnia’, que até hoje não tinha lido. Quando li seu texto imaginei que fosse formada em Letras, mas vi que é em Pedagogia… sua formação é excelente e fico feliz que a use para a glória de Deus e reflexão sobre a Sua palavra. Deus continue te abençoando!

    • Oi Jéssica,

      Que bom que essa sementinha caiu em terreno fértil…

      E obrigada pelos elogios ao meu currículo. Graças a Deus, Ele tem me usado nesse deserto árido que é o mundo acadêmico muitas vezes e isso me deixa muito feliz.

      Obrigada pela sua participação!

      Grande abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>