Olha, minha luta tem sido um tanto “inglória” e solitária. Não que a glória fosse minha… Ela é do Senhor e não abro. Mas o fato é que tenho tido muitos contatos isolados de pessoas que lêem e curtem o Lewis no Brasil. Contatos espalhados e esporádicos, entende? Esse site serve precisamente para tentar reunir essas pessoas que, ao que tudo indica, gostam de se esconder.  São uma espécie de “hobbits”, que vivem nas suas tocas, percebe? Eu mesma tendo a isso, rsrs e posso entender muito bem. Mas não consigo ficar de braços cruzados. Aslam certamente está “on the move” ou “a caminho”.
Muitos argumentam que o Lewis não tem nada a ver com o Brasil. Que é “britânico” demais para o nosso povo. Eu já acho que ele fala uma linguagem que apela a todo ser humano: uma linguagem universal, que é a dos grandes clássicos do patrimônio cultural comum da humanidade, que inclui os mitos e os contos de fada. E o que é mais importante e vem ganhando força nos meios seculares cada vez mais virtuais e cibernéticos: ele valoriza a imaginação, usando-a como mediador educacional.

Como criaturas de Deus, criados à Sua imagem e semelhança, simplesmente não temos o direito de viver de forma pouco criativa ou pouco culta. Isso inclui a literatura, a arte mesmo aquela que não pode ser classificada como “cristã” (se é que existe arte “não-cristã”). E como cristãos, mais do que nunca, somos vocacionados a educar e usar a nossa imaginação para o Reino de Deus, da mesma forma que nossa razão, emoções, etc., numa proposta de educação integral.

Bem, você vai me perguntar: E o que isso tem a ver com a repercussão de Lewis no Brasil? Tudinho, meus caros! Quer povo mais criativo do que o brasileiro? E mais aberto para as coisas de Deus, mesmo que muitas vezes, da forma errada?

Por que será que os castores e os meninos não permaneceram no conforto daquele lar tão

quentinho e aconchegante quando chegaram à conclusão, de que Aslam estava chegando? Penso que está na hora dos hobbits aparecerem e se mexerem, principalmente com a repercussão de Nárnia no cinema. Lewisianos, uni-vos! Para a glória de Deus, é claro!

  1. Estou aprendendo a me apaixonar por Lewis! Li “Cartas de um diabo ao seu aprendiz” e amei!
    Acabei de comprar “Cristianismo Puro e Simples”!
    Muito bom este site!
    Gabriele, obrigada por desenvolver um site com tanta informação sobre Lewis!!!!!
    Abraço!

    • Oi Cris,
      E que bom ter vc participando do mesmo!! Precisamos nos unir, se não, as pegadas de Aslan irão desaparecer da memória das pessoas, o que seria uma tragédia, concorda? Eu tb gosto muito desses clássicos de Lewis.
      Grande abraço

      Gabriele

      • Nossa que bom saber qeu vc criou esse site com o intuito e reunir essas pessoas que são fãs desse cara aliás também sou e melhor ainda saber qeu vc liga isso a glória de Deus!!
        Deus continue a te abençoar e pode crer minha irmã seu site ainda vai bomboar e muito!
        muitas coisas estão por vir!!
        isso porque nem li ainda os classicos dele todos, mas posso me considerar um lewisiano!!
        abraços!

  2. cara pra mim como cristao, ainda em meus pouco tempo de vida noa vi nada tao claro e tao profundo do que tenho lido nos livros dele ele é ( em sua obra) ANIMAL!!! Pena que tenha morrido exatamente no dia que um dos grandes nomes do mundo morreu Jhonn F, Kennedy por isso noa é tao lembrado ( nada ve o q eu disse desclp) Abraço!!!!!

      • muito legal mesmo de ver e saber que tem pessoas que gostam de Lewis, uma inspiracao. Com as historias dele a gente viaja…e sentimos q nao estamos sozinhos na busca por Deus, q o caminho q percorremos nao e em vao. bjs

        • Oi Adriana,

          Obrigada por seu comentário e desculpas a todos os frequentadores do meu site, pela demora nas respostas. TIve (e ainda tenho, peço orações) problemas com a internet, tendo que me deslocar muito para usar.

          Sim, uma da coisas mais importantes nos escritos de Lewis é isso mesmo, Adriana, concordo contigo: ele nos ajuda a ver o sentido da vida.

          Abs

          Gabi
          Grande abraço

    • Oi Mateus,

      Adorei seu ANIMAL. Tudo a ver com Narnia e com Aslan, rsrs. E tudo a ver seu comentário sobre Kennedy tb. Há até um livro, o Diálogo, de Peter Kreeft, que explora não apenas a coincidência da morte de Lewis com a de Kennedy, mas tb com a de Aldous Huxley. Esse autor, ele mesmo um grande intelectual, também escreveu C.S. Lewis for the 21st Millenium. Bem que alguma editora poderia me convidar para traduzir essa obra que está empoeirando na minha biblioteca.

      Abração

      Gabi

  3. Ola acabei de ver uma foto do teologo brasileiro Leonardo Boff onde o mesmo se encontra na bibliteca de sua casa…entre seus livros de estudo da para se ver Cristianismo Puro e Simples de C S Lewis. acho que seria interessante postar uma nota no site com o proprio Boff falando de sua opinião sobre o Lewis, que acha ? essa é minha dica …. a foto esta no link que se segue, esta entre as fotos da galeria que ele criou em seu site ; http://www.leonardoboff.com/site/lboff.htm

  4. Rodrigo Will Martins

    O garotinho que aparece no filme, e que é o responsavel hoje pelo acervo do Lewis, se não me engano é católico [ou é anglicano como Jack foi]. Joy tinha outro filho e este se tornou Judeu ortodoxo, como a família de origem de sua mãe. Ninguém abandonou fé alguma. =)

  5. apos conhecer a Cristo, decidi compra um livro em uma livraria evangélica, gostei da capa amarela com uma flor vermelha , foi a primeira vez que me deparei com C.S. Lewis, fiquei encantado com o conteúdo daquela biografia , dai pra la não parei de ler as obras que vem sendo lançadas no brasil , assim como você creio que C. S. Lewis tem uma mensagem bem atual e universal .Faço coro com você quando declara que “C. S. Lewis tem tudo a ver com o Brasil”
    um grande abraço

    cordialmente
    Marcos Broedel

    • Que bom Marcos,

      Obrigada pelo apoio. Acho o Brasil um país de gente criativa e ninguém melhor do que Lewis para nos dar o exemplo e o ensinamento que precisamos para usar esse potencial para a glória e honra do nome do nosso Senhor. Brasil, il, il!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>