Chegamos na Cidade do Cabo há dois dias para o Congresso Cape Town 2010, também chamado de Lausanne 3. Ele faz parte de uma sequência de importantes congressos mundiais de evangelização: o primeiro aconteceu na cidade de Lausanne, na Suíça, reunindo cerca de 2.700 participantes de 150 países do mundo. O documento final desse congresso, o Pacto de Lausanne, tornou-se uma referência para a igreja evangelical mundial e tem sido base para inúmeras empreitadas missionárias, estudos e elaborações.

O segundo congresso, Lausanne 2, aconteceu em Manilla, nas Filipinas, em 1989, 4.300 congressistas de 173 países. Pela primeira vez, depois do término da Guerra Fria, os cristãos da União Soviética e países do Leste Europeu se assentaram com os irmãos das demais nações para tratarem de assuntos referentes à evangelização mundial. O que a história registra é que o segundo congresso não teve o impacto nem a relevância do primeiro.

Agora chegou a vez de acontecer o terceiro congresso do movimento Lausanne e são grandes as expectativas. Será o primeiro grande evento cristão após a revolução tecnológica e isto não representa apenas os benefícios que serão disponibilizados para a propagação dos resultados desse encontro. Deve-se levar em conta as enormes transformações que aconteceram em todo o mundo após o avanço tecnológico das comunicações. Tudo mudou: a globalização deu ao mundo outra cara, trazendo avanços e retrocessos, ou melhor, novas configurações para a vida humana, a sociedade, a política, a economia. Por isso, Lausanne 3 tem uma tarefa gigantesca diante dos desafios do mundo pós-moderno. Será possível avançar o tanto necessário?

Dessa vez estarão reunidos 4.500 líderes representantes de 200 países. O formato desse congresso é bastante diferenciado, pois tem como base principal as mesas de discussões em grupos pequenos, que reagirão às palestras feitas no plenário. Cape Town é uma cidade que está construída entre o belo oceano azul e a Montanha da Mesa, um magnífico elevado de rochas naturais. A partir da sugestiva montanha, todo o congresso se reunirá várias vezes do dia em torno da mesa para oração, compartilhamento de idéias e de vida, bem como para a realização diária da Ceia do Senhor, ao final de cada noite.

Somos 90 brasileiros participando de Lausanne 3. Esperamos retornar para o Brasil levando em nossa bagagem mais do que vuvuzelas e artesanatos africanos. Queremos levar, principalmente, as impressões e marcas deixadas pelo Espírito Santo em nossas mentes e corações e compartilhá-las com a igreja brasileira. E que nosso Deus seja exaltado e glorificado através desse congresso. Para o seu louvor e para a sua glória!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>