Por Ivny Monteiro

Ano novo. Tempo de planejamentos e expectativas para uma vida renovada. Nem sempre temos novas ideias de como colocar nossos objetivos em prática. Então, que tal (re)começar lembrando verdades simples que podem fortalecer nossas emoções para o dia-a-dia da vida cristã?

Aproveite este guia de estudo para refletir em família, com grupos de amigos ou entre os irmãos da igreja:

Para pensar

O artigo Perguntas que equilibram as emoções, do pastor Ricardo Barbosa de Sousa (autor de “O Caminho do Coração”), aborda perguntas que são nossas velhas conhecidas, mas que podem nos ajudar muito neste ano que se inicia. São verdades que nos fortalecem na caminhada de relacionamento com Deus e de serviço ao próximo.

Para responder
1. Por que temos dificuldade em aceitar a realidade e responder a ela de maneira apropriada?
2. Como entender a pergunta “Se Deus é por nós quem será contra nós?” (Rm 8.31) se sabemos que podemos sofrer as frustrações da vida?
3. Como responder à ansiedade, frente à certeza de que aquele que não poupou o seu próprio Filho “nos dará graciosamente com ele todas as coisas” (Rm 8.32)?
4. Como temos reagido às tribulações do dia-a-dia? (Responda com base na quarta pergunta do artigo Perguntas que equilibram as emoções.)
5. Refletir sobre as perguntas mencionadas no texto transforma nossa realidade ou a maneira como a enxergamos? Por quê?

Para orar
Peça a Deus que o fortaleça e lhe dê confiança para enfrentar a realidade de forma apropriada.

Hora de avançar
Escolha as perguntas do artigo que mais falaram ao seu coração e cole-as em um lugar visível, para lembrar-se delas durante todo o próximo ano. Se preferir usar um modelo já pronto, clique aqui para fazer o download do arquivo e imprimir.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>