Enviado por Sérgio Pereira – www.baixoevoz.com.br

Silvia Mendonça e Cíntia Scola fazem boa música há 30 anos. Na década de 80, participaram em eventos da VINDE (Visão Nacional de Evangelização), do Grupo Actos (Goiânia), Frente e Verso e mais recentemente do Irish Dreams, de música irlandesa, com três CDs gravados.

Além de participações em CDs memoráveis como “Canções da liberdade”, de Guilherme Kerr e João Alexandre, e “A música", de Sérgio Pimenta, a dupla possui várias composições que ficaram famosas por meio de intérpretes como "A força da minha vida", com Josué Rodrigues; "Escuridão", com Wesley e Marlene, "O trem", com o grupo Expresso Luz, "O cego de Jericó", gravado pelo Milad e João Alexandre, entre outras. 

Com apenas dois CDs solo em trinta anos de estrada, as garotas encerraram, no dia 27, sua caminhada enquanto parceiras na música ao vivo. O motivo: Cíntia está se mudando para os EUA no próximo mês. 

Silvia e Cíntia é uma dupla que o Brasil precisava ter ouvido mais. Quem conseguiu assistir uma apresentação delas ao vivo sabe do que estou falando…

  1. Vamos sentir falta. Ganhei um CD por empréstimo e, coma permissao do dono, nunca mais devolvi. Amanha vou colocar o CD no carro e ir para casa ouvindo….”De gratidão….

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *