Nenhum rei [nenhum político] se salva

imag_brasilia_muroGrades começam a ser retiradas da Esplanada dos Ministérios (Foto: Agência Brasil)

Um presidente com possibilidades reais de ser retirado do cargo antes do término do seu mandato. Poucas vezes isso aconteceu no Brasil. A última foi com o ex-presidente Collor, há 25 anos. Talvez a juventude cristã não se lembre. No entanto, diferente de 1992, nem o Brasil nem a igreja são unânimes sobre o processo de impeachment da presidente Dilma.

Não é raro encontrar cristãos com palavras e abominações de toda espécie nas redes sociais por causa do assunto. Na semana passada fomos confrontados por um irmão de longa data, desafiando-nos a “sair de cima do muro”.

Não queremos criar plateias e nem pretendemos separar o joio do trigo. Mais importante do que estar de um lado ou de outro, é não distorcer as palavras, a história e motivações daqueles cujas convicções não compartilhamos.

Não afirmamos nossa opinião política com a mesma força com que proclamamos as verdades bíblicas. Não queremos organizações cristãs e igrejas rachadas pelo dogmatismo das opiniões, exatamente porque reconhecemos a natureza contingente da política.

Queremos melhorar o nível do debate. Um debate inteligente, sereno e respeitoso, sem excomunhão mútua. Precisamos de evangélicos sérios pensantes em todos os pontos do espectro político.

Continuamos pregando o evangelho todo ao homem todo e apoiando as ações de justiça da igreja. Ao mesmo tempo, oramos para que nem políticos oportunistas defendendo o impeachment nem devotos ideológicos gritando “não vai ter golpe” sejam os verdadeiros protagonistas deste processo sensível e delicado. Uma democracia robusta precisa de um governo forte e responsável e uma oposição forte e responsável.

Enfim, fazemos coro com o salmista: “Nenhum rei [nenhum político] se salva pelo tamanho do seu exército; nenhum guerreiro escapa por sua grande força. […] Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio e a nossa proteção” (Sl 33.16, 20).

Quando as emoções são muitas, até o santo desconfia

pedras_web1Pego emprestado o ditado sobre o santo e a esmola generosa para um rápido making of do nosso lançamento de abril: Pensamentos Transformados, Emoções Redimidas.

Uma das primeiras propostas de capa que recebemos estampava as conhecidas carinhas (emoticons) que invadiram as nossas telas. Somente no Facebook, são pelo menos 180 opções para cada usuário mostrar a sua cara e expressar supostas emoções.

Na verdade, Pensamentos Transformados, Emoções Redimidas tem uma história um pouco menos comovente. Enquanto trabalhávamos em outro manuscrito do mesmo autor, ele chegou como quem chega do nada… Atropelou mais de um ano de trabalho, de idas e vindas entre o autor e a editora e arrebatou a todos nós.

No início de 2015, estávamos assim, no primeiro livro: capítulo 1, letras vermelhas para as correções. Capítulo 2, mais letras vermelhas… Desistimos. O autor resolve reescrevê-lo. Mais alguns meses e, de novo, o capítulo 1. Outro e-mail, o capítulo 2. Depois, 3, 4, 5. Enfim, dois anos depois da transcrição de uma série de palestras, recebo o livro inteiro completamente reescrito, à espera de um título, alguns retoques e coisas do gênero. Surpreendido, caio na tentação de dizer: “Agora você vai acabar escrevendo outro livro no período sabático”. A resposta é curta, mas com quatro interrogações insinuantes: “Quem sabe????”.

Três ou quatro semanas depois, durante um pequeno período sabático do autor, um e-mail definitivo: “Segue o livro que lhe falei”. Pronto, acabado, com um título certeiro: Pensamentos Transformados, Emoções Redimidas. Era agosto de 2015.

Como não perder o equilíbrio espiritual e emocional? Com a palavra, Ricardo Barbosa

pensamentos-transformadosA fé cristã é uma jornada de crescimento. No entanto, muitas vezes passamos por fases em que esta jornada fica estacionada e nossos sentimentos acabam não respondendo de maneira apropriada ao que cremos. A maturidade cristã só pode ser alcançada quando integramos essas duas realidades – emoções e pensamentos – de maneira harmoniosa e transformadora.

Pensamentos Transformados, Emoções Redimidas é o novo livro do Pr. Ricardo Barbosa de Sousa, articulista da revista Ultimato e uma das vozes brasileiras mais sensatas sobre a profundidade da vida cristã.

O autor explica no vídeo abaixo como o seu novo livro pode contribuir para o amadurecimento que necessitamos tanto: