C. S. Lewis sem intermediários. Estilo, erudição, suspense, beleza, fascinação

Leia Surpreendido Pela Alegria. C. S. Lewis por ele mesmo.

Se estilo e erudição, forem exigências para adentrar os ‘portões dos céus’, C. S. Lewis estará entre os anjos.”
– The New Yorker

“Faz anos que leio C. S. Lewis em busca de consolo e prazer, e toda olhadela nos livros faz renascer a minha velha admiração.”
– John Updike

“C. S. Lewis escreve com toda a força de transformação típica de um Platão, um Dante e um Bunyan. Ele combina lógica com amor pela beleza, pelo maravilhoso e pelo mágico.”
– Christianity Today

“Um suspense espiritual – a busca por uma pista e um motivo que levaram C. S. Lewis de volta ao cristianismo.”
– Sunday Times

“A tensão dos capítulos finais prende o leitor como o final de um filme de suspense.”
– Times Literary Supplement

“Desde a meticulosa análise de Santo Agostinho, poucos escritores assumiram o trabalhoso encargo de distinguir a natureza e o grau de fascinação e satisfação percebidos pelo homem.”
– Commonweal Magazine

Em abril, “o direito de ligar e desligar na sociedade da informação”

ontem_esponja_amanahna_peneira_webPasteurização é uma palavra bem adequada aos nossos dias. Especialmente quando o assunto é informação.

Quase tudo vem adaptado, embalado e mastigado, ao gosto dos diferentes paladares. E até a memória se tornou inútil. É aí que entra o nosso lançamento de abril: Ontem Esponja, Amanhã Peneira – o direito de ligar e desligar na sociedade da informação.

Marcos Botelho e Victor Fontana sabem contar estórias. Estórias engraçadas que ajudam o leitor a lidar com a informação sem se tornar escravo ou engolido por ela. E, por falar em engolido, você conhece aquela do jacaré?

Para explicar as causas da erosão e o estrago que a água pode fazer no solo, um velho professor dizia que era preciso saber a diferença entre “absorção” e “adsorção”. Para isso, ele apelou à imaginação dos alunos: “Faça uma viagem até o Rio Amazonas. Quando você avistar um jacaré, pule em cima dele e tente atravessar o rio até à outra margem. Se você chegar do outro lado, você atravessou o rio adsorvido ao jacaré, se você não chegar, você foi absorvido pelo jacaré”…

Para enfrentar o excesso de informação é preciso aprender a navegar. Ontem Esponja, Amanhã Peneira é uma espécie de guia de sobrevivência para lidar com o jacaré nosso de cada dia.

Um ano com Lutero, 500 anos depois

book_safQuase quinhentos anos nos separam de uma das cenas mais marcantes e que povoam o imaginário protestante. Ao afixar na Catedral de Wittemberg as suas 95 teses, em 1517, Lutero mudaria o rumo da cristandade.

Talvez, o que nem todos os admiradores ou leitores do reformador conheçam é sua verve devocional. Para preparar os leitores e celebrar os 500 anos da Reforma Protestante em 2017, a Editora Ultimato lançou em fins de 2014 o devocionário Somente a Fé – Um Ano com Lutero.

E, pasmem, está esgotado. Foram mais de 3 mil exemplares nos últimos 4 meses. Bem, nos próximos dias a Editora Ultimato recebe uma nova impressão.

Enquanto não chega a nova tiragem, o blog da Ultimato divide com o leitor algumas frases retiradas do devocionário:

Mais do que o suficiente tem sido escrito em livros, mas nem perto do suficiente tem sido dirigido aos nossos corações.

Há duas maneiras de crer. A primeira é crer a respeito de Deus. A segunda é crer em Deus.

As nossas orações são ouvidas justamente porque [como o publicano] acreditamos que somos indignos. Então, vá em frente e sinta-se indigno.

Assim que você se torna ciente de seu pecado e se assusta com ele, você não deve permitir que o pecado permaneça na sua consciência. Isso somente o levaria ao desespero. Em vez disso, assim como a sua consciência fluiu de Cristo em direção a você, você também deve colocar o seu pecado de volta nele para libertar a sua consciência.