Semana 2: Lucas 1.1-23

Quando Herodes era o rei da terra de Israel, havia um sacerdote chamado Zacarias, que era do grupo dos sacerdotes de Abias. A esposa dele se chamava Isabel e também era de uma família de sacerdotes. Esse casal vivia a vida que para Deus é correta, obedecendo fielmente a todas as leis e mandamentos do Senhor…. O anjo respondeu: — Eu sou Gabriel, servo de Deus, e ele me mandou falar com você para lhe dar essa boa notícia.Você (Zacarias) não está acreditando no que eu disse, mas isso acontecerá no tempo certo. E, porque você não acreditou, você ficará mudo e não poderá falar até o dia em que o seu filho nascer. (Lucas 1.5-6, 19-20 NTLH)

Já conheceu um casal como Zacarias e Isabel, idoso, piedoso, correto e obediente? Faz muito bem para o coração e para a fé. Pessoas, especialmente casais que permaneceram anos e gerações com muita garra na caminhada da fé cristã, são grandes inspirações e incentivos para nós, não achas?

Pois bem, e quando uma pessoa de outra sorte fiel e íntegra na fé não consegue ou não quer crer numa promessa de Deus especifica para a sua vida, como fica? Bem, fica uma pessoa que não creu, nada mais e nada menos. Pisou na bola. Não reconheceu que fora Deus que enviou uma mensagem para ele. E depois de anos e anos de serviço na fé e sem desfrutar uma ou outra bênção de Deus, a hora que Deus diz que vai mudar a sua sorte, não é tão surpreendente que não haja fé. Foi o caso de Zacarias.

Não que ele não quis acreditar. E não que era uma pessoa ruim. Era mesmo sacerdote e servo de Deus, mas neste caso, não creu. E por isto, ele é penalizado. Fica mudo enquanto o prometido Joãzinho não nasce. Imagine um pastor que não pode falar por nove meses! Deve ser uma tortura para ele (e, conforme o pastor, às vezes um refrigério para o seu rebanho)!

Mas pensemos um pouco em nós mesmos. Se você está lendo esta devocional, provavelmente seja, de um jeito ou outro, um servo ou uma serva de Deus…crente. Pode o crente ser descrente? Não devemos, mas podemos, e falhamos sim, e somos disciplinados, sim. Mas Deus é gracioso e a disciplina passa (e por meio dela, aprendemos). E recebemos mesmo o inacreditada promessa de Deus para as nossas vidas.

ORAÇÃO

Gracioso Deus, obrigado pela sua disciplina, obrigado pela sua graça, e muito obrigado pelas promessas extraordinários que fazes para os teus servos. Em nome de Jesus. Amém.

  1. Obrigado pela palavra que acabei de ler sobre o sacerdote de Deus Zacarias que não creio na mensagem de Deus transmitida pelo Anjo de Deus e quis questionar por imaginar nas circunstancias e características físicas da sua mulher e esquecendo que em Deus nada é impossível, a sua benção não importa as circunstancias e o tempo para acontecer, é só crer e vai ver a sua graça. Ele não creio por isso recebeu o castigo de Deus, a sua fé dele era contaminada com dúvida de que como isso iria acontecer, enquanto não devia questionar, se questionar a sua fé é fraca e pode receber uma Sansão de Deus.
    O exemplo de Zacarias, acho eu que acontece com muitos crentes, que se tornam descrentes sem se aperceberem, por duvidarem na palavra de Deus e podem não receberem a sua benção ou demorar por não terem fé na palavra de Deus.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.