“Jó, alguma vez na sua vida você ordenou que viesse a madrugada e assim começasse um novo dia? Você alguma vez mandou que a luz se espalhasse sobre a terra, sacudindo os perversos e os expulsando dos seus esconderijos?”

Reflexão

Que resposta seria possível Jó dar para uma pergunta destas? Categoricamente “não!” Como podemos nos comparar com o Deus Criador? Como então é possível “questionar” ou duvidar Deus sobre as situações das nossas vidas sobre as quais não temos nenhum control? A resposta continua sendo “não podemos”. Entretanto, somos orgulhosos e arrogantes o suficiente para fazer exatamente isto.

Não estou sendo justo? Todo o mundo tem o direito de reclamar, até mesmo para Deus. Claro que sim. Só que é um meio ridículo. Pelo menos esta é a força das perguntas que Deus faz para Jó.

O “outro lado da moeda” desta ideia é que, sendo Deus Criador de todas as coisas e sendo preocupado conosco, podemos conversar com ele, expondo as nossas angústias e pedindo que ele aja favoravelmente por nós. Isto, sim. Desafiá-lo, jamais!

Oração

Pai amado, Criador de tudo que há pelo sua mera palavra, guia-nos pelos teus caminhos e desperte em nós um pouco da percepção da tua presença e cuido para conosco. Em nome de Jesus. Amém.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.