quintas

Às vezes, no trabalho social aparecem oportunidades únicas que precisam ser aproveitadas.
Foi o que aconteceu no Programa Mais que Vencedores da Rebusca, Ação Social Evangélica Viçosense. Quatro adolescentes, um educador e um voluntário jovem, tiveram a oportunidade de participar da abertura da Copa Mundial de Crianças de Rua, organizada pela campanha Stret Child World Cup, executada pela Save the Children e um grupo de organizações parceiras, no Rio de Janeiro, dias 28 de março a 6 de abril.

Você pode saber mais sobre esta iniciativa única e bela aqui. Limito-me a comentar que a ideia de trazer delegações do mundo todo composta por meninos e meninas com passagem de rua é muitíssimo comendável! Os adolescentes passam de expectadores proibidos de adentrar os estádios do mundo, a jogadores, participantes com toda a paixão que o futebol demanda. Não dá para tratar um jogador de futebol como se fosse invisível, dá?

O missionário James Gilbert se juntou ao grupo para fotografar o evento e tem isto a dizer sobre a festa de abertura da Copa de Rua:

“Foi uma festa muito bonita, muito bem organizada e emocionante. De um lado do campo estavam o pessoal da mídia, do outro os espectadores (que em sua maioria eram voluntários de vários países) e no centro os adolescentes em seus uniformes, delegações e bandeiras. Falavam muito a frase “I AM SOMEBODY” que significa “Eu sou alguém” e eu ficava pensando: com base em que podemos dizer isto? Achei aquilo tudo muito humanista e secular. Até que deram a palavra ao arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta. A primeira coisa que percebi foi uma cruz vazada, uma na qual a silhueta de Jesus aparece como um espaço vazio. Em seguida, ouvi o arcebispo pedir para que todos fizessem um minuto de silêncio em homenagem a Rodrigo Kelton que, há poucas semanas do evento, foi assassinado, no dia em que completaria 14 anos. Em seguida, ele pediu um minuto de aplausos para celebrar a vida do menino. Mais tarde ele orou, pedindo o fim da violência contra as crianças e jovens do mundo. Vi Jesus ali naquele momento.”

2014.03.30_RIo_Copa_Crianças_Rua_XT1_157

Arcebispo Dom Orani Tempesta falando com os atletas de 19 delegações reunidos no Rio de Janeiro na abertura da Copa de Rua 2014.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pedimos também para os adolescentes escreverem sobre suas impressões e lições aprendidas. Na quinta-feira que vem publicaremos seus textos. Aguarde!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.