JS_15_06_16_lider-jovem-exemplo-peqComo os líderes jovens devem reagir se seu ministério estiver sendo rejeitado ou ofendido? Não com raiva ou ressentimento. Não se tornando agressivo ou se sobrecarregando. Mas, e esta é uma forte conjunção adversativa no grego, Paulo explica outra alternativa. J. B. Phillips coloca muito bem a questão: “Não deixe que as pessoas o desprezem por ser jovem; cuide para que elas o respeitem por ser um exemplo para elas em seu modo de falar e em sua conduta, em seu amor, fé e sinceridade”.

Cuidado com seu exemplo

Paulo dá a Timóteo seis conselhos. Primeiro, cuidado com seu exemplo. O versículo 12 diz: “Seja um exemplo”. Se quisesse que sua liderança fosse aceita, Timóteo tinha de dar um bom exemplo. Não desprezariam sua juventude se pudessem admirar sua vida. Dar o exemplo é o novo estilo de liderança que Jesus apresentou ao mundo. É a liderança pelo exemplo, não pela autocracia. Quando nossa autoridade é questionada, ameaçada ou resistida, nossa grande tentação é insistir mais fortemente, mas temos de resistir a essa tentação.

Observem como o exemplo e o modelo de Timóteo devem ser amplos: nas palavras e na vida, no amor, na fé e na pureza. Talvez estas sejam as mais difíceis: fé em Deus e domínio próprio. Seria difícil exagerar as consequências desastrosas de um mau exemplo ou as influências benéficas de um bom exemplo. Por isso, o primeiro conselho a um líder jovem é: cuidado com seu exemplo.

Trecho do livro Desafios da Liderança Cristã, de John Stott.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>