Recentemente tive o privilégio de participar de um evento interessante em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Foi o 2º Congresso de Música Cristã e Brasilidade, promovido pela Terceira Igreja Batista daquela cidade.

Dentre os artistas que se apresentaram estava o Marcos Assunção, um instrumentista de gabarito que tem um trabalho bastante consistente. Além de se apresentar em vários eventos nacionais de música instrumental, representou o Brasil em festivais de jazz em países da Europa e da América Latina, levando o som da viola caipira e da guitarra semiacústica. Chegou recentemente da Espanha, onde participou do 9º Festival Ten Samba, em Madri e Barcelona, e da Semana Internacional de Jazz, na Cidade de La Laguna (Tenerife).

Marcos frequenta uma Igreja Batista em Campo Grande e trabalha na difusão da viola caipira por meio de projetos comunitários.

Posto hoje um vídeo produzido recentemente com o trio que leva o seu nome: Marcos Assunção (viola caipira e guitarra), Guto Costa (bateria) e Gabriel Basso (contrabaixo). A música “Videira”, é de sua autoria. Curta o som!

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.