Se eu lhe confessar
O meu pecado e iniqüidade;
Se eu lhe falar da falsidade
Do meu andar…

Eu sei que tanto me calei,
E o coração fechei;
Deus sabe quanta escuridão,
Cansei, chorei, sem seu perdão.

Se eu lhe confessar
E derramar-lhe a ansiedade,
Sim, suplicar-lhe piedade,
Se eu confessar…

Eu sei que tudo vai mudar,
E a paz vou reencontrar;
Pois os meus ossos vão sarar,
Quando eu lhe confessar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *