Como dizem as Escrituras Sagradas: “Eu fiz de você o pai de muitas nações.” Assim a promessa depende de Deus, em quem Abraão creu, O Deus que ressuscita os mortos e faz com que exista o que não existia. (NTLH)

Reflexão

Na semana passada refletimos sobre um pressuposto duma passagem (somos herdeiros do mundo) ao invés do seu ponto principal (somos justificados por meio de fé – Rm 4.13). É um exercício interessante, mas muito diferente do estudo indutivo, onde procura-se seguir o desdobramento das idéias dum autor. Tais idéias são a parte patente da sua comunicação. Os seus pressupostos são a parte latente. A verdade está em ambas as partes. Hoje quero novamente chamar a atenção para um pressuposto, esta vez, de Romanos 4.17.

Na passagem acima, Paulo está afirmando que a promessa de ser pai de muitas nações foi dada para Abraão por causa da sua . E acrescenta que a promessa é tão segura quanto aquele que a fez. Este é o objetivo explícito da sua mensagem, a parte patente. Mas tudo isto depende dum pressuposto latente que Paulo não defende. Apenas afirma: este Deus é poderoso para fazer tais promessas pois ele tem o poder de criar do nada e também o poder de transformar a morte em vida. Este pressuposto distingue os cientistas naturais seculares dos cientistas naturais teístas, inclusive os cristãos, e tem implicações para a estratégia conservacionista… algo que não dá para desenvolver aqui. Mas o que podemos dizer é o seguinte:

A mensagem central dos primeiros onze capítulos de Romanos é que a vida cristã tanto se inicia quanto continua pelo princípio da fé. Isto porque fomos, todos nós, criados para vivermos em relacionamento. Relacionamento com Deus, relacionamento com os outros e relacionamento com a criação de Deus. E para viver em relacionamento precisamos de fé, de confiança, de fidelidade (estes três são sinônimos no sentido bíblico de fé). Podemos realizar tão grande papel? Sim. Como sabemos? Porque ninguém menos que Deus o possibilita e ele, bem, ele cria as coisas do nada e transforma a morte em vida. Assim, os relacionamentos não parecem taaão difíceis.

Oração

Ensina nos a amar. Ensina nos a viver cada momento pela fé. Confiamos em ti, ó Deus, criador de tudo. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>