Indígenas evangélicos do Amazonas se preparam para receber no estado dois encontros promovidos pelo Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas (Conplei). Os dois encontros visam mobilizar e fortalecer a igreja evangélica indígena na região.

Conplei Regional entre os Sateré, no baixo Amazonas

O primeiro é a Conferência Bíblica do Conplei, conhecida como Conplei Regional. O encontro acontece pela primeira vez na região do Baixo Amazonas, na aldeia Nova Sateré, município de Barreirinha, no período de 4 a 11 de setembro. De acordo com a coordenação, o encontro é uma oportunidade para líderes de outras regiões testemunharem aos povos da região do rio Andirá, em um ambiente de estudo da palavra de Deus, oração, comunhão e louvores na língua de cada povo, o que serve para fortalecer e orientar os participantes para que retornem às suas comunidades com mais ânimo e compromisso para se engajar na obra de Deus.

A coordenação busca recursos para viabilizar o encontro. Interessados em participar ou contribuir, podem entrar em contato pelo telefone (92) 98138-1997, ou pelo e-mail conplei@hotmail.com.

 

Conplei Jovem, em Santa Isabel do Rio Negro

O segundo encontro é quinta edição do Conplei Jovem, que acontece no período de 1 a 4 de novembro, em Santa Isabel do Rio Negro. De acordo com o pastor Ricardo Poquiviqui, presidente do Conplei Jovem, o principal objetivo do encontro é mobilizar a juventude indígena para o engajamento missionário. Além disso, o evento quer ser um espaço para o diálogo com a juventude cristã indígena, promoção da unidade e integração dos jovens indígenas de várias tribos e etnias, ministração de estudos da Palavra de Deus e valorização da cultura e do uso da língua materna.

O pastor Poquiviqui fala mais sobre o propósito do Conplei Jovem:

“O jovem indígena de hoje marca uma nova geração que preserva a cultura dos pais, mas também usa a tecnologia, em celulares, aparelhos eletrônicos, Internet e redes sociais, além de formações acadêmicas. É justamente nesse contexto que precisamos despertar o interesse e a vocação missionária da juventude indígena, bem como todo o seu potencial para suprimento de pessoas capacitadas para o campo missionário. Em décadas passadas, havia mais obreiros indígenas do que nos dias de hoje. Além disso, muitos líderes de aldeias já têm idade avançada e, por conseguinte, não têm a mesma força do passado. A transição tem que respeitar a cultura do velho para o novo e, por isso, tem que haver integração e, ao mesmo tempo, preparo de jovens, fortalecendo-se ainda mais a tribo e a igreja local.”

Interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone (67) 996465230 ou pelo e-mail conpleijovem@gmail.com.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>